GeralNotícias

​​Projeto institui Troco Solidário em todo o RS

0
Tempo de leitura: 1 minuto

Iniciativa existente em vários municípios do Estado que arrecada recursos financeiros para hospitais e entidades, o Troco Solidário poderá ser instituído em nível estadual, conforme projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa pelo deputado estadual Eduardo Loureiro. A intenção é permitir que o simples gesto de doar alguns centavos na hora do troco em compras no comércio, sirva para beneficiar um número ainda maior de ações sociais e filantrópicas em todo o território gaúcho.

 

Coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, o deputado Loureiro destaca que o projeto é fruto de uma demanda debatida com lideranças que atuam na área, como Rafael Carneiro e Willian Flores, da Associação dos Cegos do RS. A proposta elenca a formatação e dá os caminhos legais para a instituição do Troco Solidário no Rio Grande do Sul.

 

A gestão do programa será realizada por meio de um fundo compartilhado, formado por três pessoas, sendo um da empresa, um da entidade ou hospital beneficiado e um terceiro representante designado pelo Governo do Estado. “É iniciativa que tem se popularizado significativamente em inúmeros municípios gaúchos, configurando-se como uma alternativa de captação de recursos para entidades engajadas no combate ao flagelo e ao sofrimento ao qual muitas pessoas estão expostas”, destaca o deputado Eduardo Loureiro.

Andressa de Oliveira

Receita da Sorte sorteará em junho 21 prêmios de R$ 500 por dia além de rodadas especiais de R$ 3 mil

Artigo anterior

Dália e Andreazza consolidam parceria de 20 anos com visita cordial

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral