Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Bancada e entidades avaliam políticas anunciadas para agricultura

Na manhã de sexta-feira (10), com entidades representativas da agricultura para avaliar as políticas anunciadas pelo Governo Federal e Estadual em relação a estiagem que atinge o Rio Grande do Sul

89Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Os deputados Edegar Pretto e Zé Nunes, da bancada do PT, reuniram-se, na manhã de sexta-feira (10), com entidades representativas da agricultura para avaliar as políticas anunciadas pelo Governo Federal e Estadual em relação a estiagem que atinge o Rio Grande do Sul. Estiveram presentes Rui Valença, coordenador geral da FETRAF-RS, Gervásio Plucinski, presidente da Unicafes-RS, Djones Zucolotto do MST-RS, Adelar Pretto, da Via Campesina, Maister Silva do Movimento de Pequenos Agricultores e Cleonice Back, representando o Gabinete do Senador Paulo Paim. Entidades e parlamentares entendem ser insuficiente os anúncios, pois ameniza, mas não ataca o real problema que é a fome da população aumentando.

Os parlamentares petistas consideram importante o envolvimento da sociedade na pauta, já que é a agricultura uma das maiores forças econômicas que move o RS. “A criação de um Comitê específico para tratar do tema da estiagem é essencial para tratar de outros assuntos que envolvem a pauta, como o Plano Safra, subsídio e as dívidas que já estão se acumulando” afirmou Zé Nunes.

Para o deputado Edegar Pretto, é necessário um olhar especial para este setor. “Vamos pedir uma agenda com o Governo do Estado pois existem propostas viáveis para o setor e que só dependem do governo. Por exemplo, a compra institucional de alimentos dos agricultores vai criar um mecanismo para combater a fome, que já está crescendo no RS e no país”.

Representantes das entidades relataram reunião que tiverem na última semana com a Ministra da Agricutura, Tereza Cristina e com o Secretário de Agricultura do Estado, Covatti Filho. Na pauta a ajuda emergencial para a agricultura familiar, visto que o problema da estiagem se soma a pandemia Covid-19.

Entre as demandas ao Governo Federal está o crédito para cooperativas e para os agricultores familiares, a prorrogação das dívidas, aquisição de alimentos pelo Programa de Aquisição de Alimentos e um Plano Safra específico para a agricultura familiar. Já, em âmbito Estadual, foi solicitado a constituição de um comitê estadual para tratar da estiagem; renegociação das dívidas referentes ao Funterra, Feaper e troca-troca de sementes; implementação de um Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) Estadual e operacionalizar o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE); água e alimentação aos animais, além do Plano Camponês.

Fonte: AL RS

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.