Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Administração de Anta Gorda publica novo decreto

A Administração Municipal de Anta Gorda emitiu, nesta quinta-feira, 2 de abril, o decreto n° 3.227 de 2020

119Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

A Administração Municipal de Anta Gorda emitiu, nesta quinta-feira, 2 de abril, o decreto n° 3.227 de 2020 que reitera a declaração de calamidade pública em todo o território do município para fins de prevenção e de enfrentamento à pandemia causada pela Covid-19 (novo coronavírus).
Entre as instruções no decreto, estão previstas as medidas de higienização dos estabelecimentos industriais e comerciais, restaurantes, bares e lanchonetes, quando permitido o funcionamento.
Os bares, restaurantes e lanchonetes só poderão abrir para atendimento ao público e tele-entrega nos períodos compreendidos entre às 11h até as 14h e das 18h até as 21h; os demais estabelecimentos de comércio de alimentos, tais como padarias, sorveterias e mercados, poderão funcionar em horário normal para venda, mas só poderá haver consumo nas suas dependências nos mesmos horários citados acima; salões de beleza e de cabeleireiro somente poderão permitir a entrada de um cliente por vez, com hora agendada, devendo o profissional utilizar obrigatoriamente equipamentos de proteção e higienizar os utensílios entre um cliente e outro, não podendo haver qualquer outro tipo de comércio em suas dependências; fica suspenso o funcionamento de quadras esportivas, canchas de bochas, clubes sociais, sedes de comunidades, jogos de cartas, sinuca e casas noturnas e congêneres, independentemente da aglomeração de pessoas.
Fica proibida a abertura para atendimento ao público, em caráter excepcional e temporário, dos estabelecimentos comerciais situados no território do município de Anta Gorda. São considerados estabelecimentos comerciais as lojas, centros comerciais, teatros, cinemas, casas de espetáculos, dentre outros, que impliquem atendimento ao público, em especial, mas não só, os com grande fluxo de pessoas.
Podem abrir estabelecimentos para o desempenho de atividades estritamente de tele-entregas e “take-away”, vedada, em qualquer caso, a aglomeração de pessoas; os estabelecimentos industriais de qualquer tipo, inclusive da construção civil, vedado, em qualquer caso, o atendimento ao público que importe aglomeração ou grande fluxo de clientes; os estabelecimentos comerciais que forneçam insumos às atividades essenciais ou à indústria, inclusive a da construção civil, vedado, em qualquer caso, o atendimento ao público que importe aglomeração ou grande fluxo de clientes; os estabelecimentos de prestação de serviços, ainda que não essenciais, que não atendam ao público.
A prefeita Madalena Gehlen Zanchin explicou o decreto do governo municipal. “Nós tivemos que nos readequar de acordo com o decreto que o Estado emitiu, possibilitando assim o funcionamento de alguns locais, mas também implementando regras. Pedimos para que as pessoas fiquem atentas às normas e mantenham o isolamento social”, reforçou.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.