DestaqueEventosNotícias

ANTA GORDA | Comunidade católica festejou os 100 anos da Paróquia São Carlos

0
Tempo de leitura: 1 minuto

Programação de aniversário iniciou em setembro e seguiu até novembro

Celebrações foram sendo realizadas ao longo das semanas com o objetivo de integrar toda a cidade às comemorações.

Ao longo do mês de setembro, todas as comunidades atendidas pela paróquia sediaram uma celebração em comemoração aos 100 anos. Em cada uma foi realizada uma missa, com a presença do padroeiro São Carlos e a comissão do centenário. Também foi fixada uma placa comemorativa dos 100 anos da Paróquia em cada igreja das comunidades São Gotardo, São Silvestre, São João Batista, Nossa Senhora do Caravággio, Nossa Senhora dos Navegantes, Santo Isidoro, São Luiz, Santa Ana, Santo Antônio, São Paulo, Santa Bárbara, São Jorge, São José, São Francisco de Assis, Santo Antônio, São Valentim, São Vicente, São Roque, São Brás, São Paulo, Santo Antônio e Matriz.

Neste dia 07 de novembro, a comunidade realizou uma série de programações para comemorar os 100 anos da Paróquia São Carlos.

Em outubro aconteceu o tríduo. Todas as quintas-feiras, na igreja São Carlos recebeu um celebrante diferente. A história da Paróquia foi contada com a presidência da celebração da missa do Padre Valdir Biasibetti.

O Bispo da Diocese de Santa Cruz do Sul, Dom Aloísio Alberto Dilli, presidiu a celebração comemorativa no dia 04 de novembro. Na mesma noite aconteceu o lançamento da revista do centenário da Paróquia São Carlos.

A liturgia foi coordenada pela Comissão do Centenário. Ainda foi dada a bênção da restauração da Casa Paroquial e do Memorial Nossa Senhora do Caravággio. Seguindo a programação, na sexta-feira, dia 05 de novembro, aconteceu a venda de grostoli e cuca. No sábado, dia 06 de novembro, foi realizada a venda de frango e carne suína assada. A festa de São Carlos, que aconteceu no domingo, dia 07 de novembro, iniciou com missa e seguiu com o almoço no Ginásio de Esportes São Carlos de Anta Gorda. À tarde aconteceu o sorteio da rifa, encerrando as atividades comemorativas que contaram com o apoio da Diamaju, Sicredi e Agrodalla Comércio de Cereais.

Bíblia personalizada

A comissão do centenário lançou, em setembro, oficialmente no “Mês da Bíblia”, uma edição comemorativa do centenário com uma capa especial da Bíblia, em parceria com a editora Paulus. A Bíblia Pastoral, como é chamada, apresenta linguagem simples, tradução a partir dos idiomas originais e notas explicativas ao longo dos textos. A edição, é ideal para encontros de catequese, está disponível na secretaria da paróquia, no valor de R$ 30,00 reais.

Quem foi São Carlos São Carlos

São Carlos Borromeu nasceu no dia 2 de outubro de 1538, no castelo da família em Arona, próximo de Milão, na Itália, em 2 de outubro de 1538. O pai era o conde Gilberto Borromeu e a mãe era Margarida de Médicis, irmã do Papa Pio IV.

Carlos era o segundo filho do casal, e aos doze anos a família o entregou para servir a Deus, como era hábito na época. Com vocação religiosa, se destacou pelo cuidado e dedicação aos pobres e pela facilidade que tinha em se comunicar com as pessoas. Chamado a Roma pelo tio, o Papa, São Carlos, mesmo antes de receber os Sacramentos da Ordem, aceitou a nomeação e responsabilidades de cardeal e arcebispo de Milão, em um tempo em que a Igreja abria-se para sua renovação interna.

Como Bispo, tornou-se para a Igreja um modelo como pastor pelos atos de caridade e foi o primeiro bispo a fundar seminários para a formação dos futuros padres, além de ter ajudado na evangelização de outras áreas da Europa.

Carlos Borromeu se colocava ao lado dos pobres, doentes e, principalmente, das crianças. Foi um dos maiores fundadores que a Igreja já teve. Criou seminários e vários institutos de utilidade pública para dar atendimento e abrigo aos pobres e doentes, o que lhe proporcionou o título de “pai dos pobres”. Tinha apenas quarenta e seis anos de idade quando faleceu, no dia 4 de novembro de 1584, na Itália. O papa Paulo V canonizou-o em 1610 e designou a festa em homenagem à memória de São Carlos Borromeu para o dia de sua morte. Hoje, São Carlos é conhecido como o Santo Padroeiro dos Catequistas.

Fotos: Vanessa Ferraboli

Gemerson Rogerio Santos

ESPUMOSO | CTG Sinuelo das Coxilhas sediou encontro de Prendas e Peões da 14ªRT

Artigo anterior

ESPUMOSO | Agafarma alia experiência, confiança com atendimento diferenciado

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.