Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Anta Gorda: Município prorroga o prazo do Decreto de Calamidade Pública

É obrigatório o uso de mascaras a partir do dia 1º de Maio

93Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Na manhã do dia 30 de abril, o município de Anta Gorda emitiu um novo decreto, o Decreto n° 3.234/2020 que altera o Decreto nº 3.231, de 16 de abril de 2020, que prorroga Estado de Calamidade Pública decorrente da situação de emergência internacional, estabelece medidas de prevenção e enfrentamento ao contágio pelo COVID-19, em vista do surto epidêmico do novo coronavírus, no Município de Anta Gorda.

Segundo a prefeita Madalena G. Zanchin, a medida é extremamente necessária, devido a progressão do avanço do novo coronavírus na região. Através do Decreto, o município permanece sob o estado de calamidade pública até o dia 15 de maio, quando todas as regras previstas no Decreto de 16 de abril seguem valendo. Além delas, o atual decreto torna obrigatório o uso de mascaras, nas ruas e estabelecimentos comerciais.

Madalena afirmou que está tomando todas as medidas que estão ao seu alcance, pediu para que quem puder que fique em casa e para que de forma alguma se relaxe o isolamento dos idosos e para quem precisar sair de casa, saia somente se necessário, adotando todas as medidas de segurança cabíveis. “Estamos aguardando uma posição do governador, novos decretos e determinações para poder pautar a nossa linha de trabalho e atuação, mas vemos a situação com grande preocupação e atenção, uma vez que estamos muito próximos das cidades do RS que estão registrando os maiores focos de confirmação de casos”, alertou a prefeita com preocupação.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.