NotíciasPolítica

Antoninho Pandolfo assume presidência da Câmara de Vereadores de Guaporé

0
Tempo de leitura: 1 minuto

A Câmara Municipal de Vereadores, de Guaporé, está sob nova presidência. Jairo Elias Zanatta (MDB), que comandou as atividades parlamentares até o dia 31 de dezembro, repassou o cargo, conforme acordo de cavalheiros, ao vereador Antônio José Pandolfo (PDT). O pedetista, eleito em outubro de 2016 com 647 votos – 4,16% dos válidos, tem como missão presidir a Casa do Povo no ano em que a movimentação será intensa, em especial nos meses que antecedem as escolhas dos novos mandatários do Poder Executivo (Prefeito e Vice-Prefeito) e dos 11 representantes do legislativo para a gestão 2021/2024.
As eleições municipais mexem com os brios, porém, Antoninho acredita que os debates no plenário Roberto Baldasso deverão ser pautados pelo melhor à comunidade guaporense e não aos interesses políticos de cada um dos 11 vereadores.
“Há políticos corruptos, que não fazem jus ao cargo que ocupam. Nós, em Guaporé, somos diferentes. Contamos com pessoas extremamente interessadas no bem comum e conscientes no papel que desempenham. São vereadores que zelam pelo dinheiro público e estão sempre buscando o melhor para a comunidade. Não há motivos para mudanças e não deveremos ter alterações no comportamento de cada um ao logo de 2020. Não há mais espaço para políticos que só criticam, atacam os colegas ou os poderes constituídos e não apresentam soluções para os problemas da comunidade”, afirmou o novo presidente do Poder Legislativo.
Conforme o presidente, as sessões ordinárias, após a aprovação do período reduzido de recesso, terão início no dia 3 de fevereiro. São quatro atividades obrigatórias no plenário Roberto Baldasso por mês.
“A expectativa para o ano, diferente dos demais já que no meio do caminho teremos eleições municipais, é agilizar os processos dentro do Poder Legislativo. A aprovação de projetos importantes e de interesse da comunidade deverão estar na pauta de prioridades. Temos uma compreensão muito grande de todos os vereadores quando projetos, em regime de urgência, são protocolados e vão à votação no plenário. A análise é minuciosa e rápida por todos”, disse o pedetista.
Além de Antoninho, mudanças significativas foram realizadas no parlamento guaporense para 2020. Neiva Costenaro substitui Ricardo Chaves na diretoria da Casa Legislativa e Fernanda Bernardin é a nova assessora do presidente. Contratos de serviços estão sendo analisados, muitos atualizados e renovados.
“É uma nova filosofia de trabalho. Cada pessoa tem seu modo de administrar e nós, dentro do que rege as normas e regras do Poder Legislativo, estamos colocando em prática ações diferenciadas para melhorar o relacionamento do parlamento junto à comunidade, bem como a atividade interna. O momento da Câmara de Vereadores é muito bom. As discussões e os debates visam proporcionar melhorias para a nossa população e não interesses pessoais. Isso é salutar para todos”, destacou Antoninho.
Antoninho ressalta que um dos objetivos é fazer com que o plenário, ao longo das sessões e demais atividades, receba a comunidade.
“Nosso trabalho será voltado para que os munícipes possam cada vez mais estar presente no Poder Legislativo. Buscamos essa aproximação. A Casa é do Povo e queremos que todos prestigiem as sessões. Procurem participar e saber o que está sendo aprovado, debatido e apresentado. É importante que a comunidade esteja aqui conosco, colaborando com o trabalho para termos uma cidade cada vez melhor”, afirmou o presidente do parlamento.
Nos três primeiros anos presidiram a Câmara de Vereadores o pedetista Ademir Damo e os emedebistas Homero Loreni Marcolina e Jairo Elias Zanatta. O término da gestão legislativa 2017/2020 encerra no dia 31 de dezembro.

Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Rede Scalabriniana de Comunicação
Texto: Eduardo Cover Godinho
Foto: Eduardo Cover Godinho

Gemerson Rogerio Santos

Correio do Mate Entrevista

Artigo anterior

Van da Secretaria da Saúde de Guaporé envolvida em acidente na ERS-129

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.