Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Arvorezinha: Com um caso confirmado, barreiras sanitárias voltam a funcionar

Após a confirmação do primeiro caso de Covid-19 em Arvorezinha no último sábado (25) e a existência de outros casos em análise, a Administração Municipal reativará as barreiras sanitárias

169Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Após a confirmação do primeiro caso de Covid-19 em Arvorezinha no último sábado (25) e a existência de outros casos em análise, a Administração Municipal reativará as barreiras sanitárias nos principais acesso ao município, a partir da próxima quarta-feira, dia 29.

O objetivo das barreiras sanitárias é realizar uma triagem, com avaliação de todas as pessoas que entrarem no Município e realizar um levantamento de dados como a cidade de origem, o objetivo da chegada no Município e por quanto tempo permanecerá em Arvorezinha. Além disso, serão feitos questionamentos sobre as condições de saúde do visitante, se há algum sintoma como tosse, febre e outros sintomas do típicos do coronavirus.

A decisão pela reimplantação da barreira sanitária foi tomada pelo Prefeito Rogerio Fachinetto. “A barreira sanitária tem caráter principalmente educativo e não coercitivo. O objetivo não é de impedir a entrada ou saída de ninguém, mas orientar, conscientizar e monitorar a circulação do vírus na cidade”, explicou Fachinetto.

⚠️⚠️⚠️Outras medidas⚠️⚠️⚠️

Além das barreiras sanitárias, a Administração Municipal segue com diversas equipes de orientação e também e intensificará ainda mais a fiscalização, recomendando a população para ficar em casa. As equipes de fiscalização irão percorrer o comércio e poderão aplicar multas que variam de R$ 500 a R$ 3 mil para quem descumprir o decreto municipal, além da possibilidade de cassação total ou parcial do alvará de funcionamento.

Se possível #fiqueemcasa. Caso necessite sair #usemáscaras.

Fonte: Prefeitura de Arvorezinha

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.