Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Com duas frentes: bombeiros de Guaporé combatem incêndios em residência e fábrica de joias

A chamada “Sexta-feira 13” foi de muita intensidade e combate para os servidores do Corpo de Bombeiros Militar (CB), de Guaporé

130Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

A chamada “Sexta-feira 13” foi de muita intensidade e combate para os servidores do Corpo de Bombeiros Militar (CB), de Guaporé. Pelo menos quatro ocorrências ao longo do dia foram registradas e todas elas contaram com trabalho ágil e eficaz das guarnições. Além de duas relacionadas a incêndios num mato (Guaporé) e numa lavoura de soja (Casca), que consumiram muito tempo devido à vegetação seca provocada pela falta de chuvas, os bombeiros atenderam dois chamados simultâneos para combate em uma residência e uma fábrica de joias. Os sinistros aconteceram por volta das 20h30min e 20h50min, respectivamente.

Em Serafina
A guarnição, composta pelos soldados Cleiton, Dai Prá e Evanise, recebeu um chamado na Central de Operações (Telefone 193) de que um imóvel, de propriedade de Iraci Vicenzi Zulian no bairro De Costa, em Serafina Corrêa, estava em chamas. No local, populares e o Corpo de Bombeiros Voluntários de Serafina Corrêa (CBVSC) efetuavam os primeiros atendimentos na tentativa de minimizar e extinguir as labaredas que tomavam conta da residência de dois andares e aproximadamente 200 m2 de área. Em questão de minutos, os bombeiros militares chegaram, assumiram a situação e deram início, com apoio irrestrito dos nove voluntários, à atividade para controlar às chamas. Foram cerca de duas horas de combate com a utilização de pouco mais de 14 mil litros de água. A parte de cima do imóvel ficou totalmente destruída, enquanto a parte inferior ficou parcialmente.
Ninguém ficou ferido durante o incêndio. Porém, a proprietária Iraci, que não estava no local no momento que iniciou o sinistro, foi encaminhada para o Hospital Nossa Senhora do Rosário pelos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e equipe da Brigada Militar (BPchq) devido ao seu estado de saúde. Ela entrou em choque ao visualizar seu imóvel em chamas. O Poder Público, de Serafina Corrêa, deslocou um caminhão pipa para colaborar na distribuição de água para o combate ao incêndio.

Em Guaporé
Enquanto os bombeiros deslocavam-se para Serafina Corrêa, um outro chamado chegou. A policial do 4º Pelotão da Brigada Militar (BM) recebeu na Central de Operações (Telefone 190) informações que um princípio de incêndio atingia uma fábrica de joias, localizada na rua Euclides da Cunha – bairro Nossa Senhora da Saúde. Ela comunicou um dos servidores que estava em horário de descanso. Rapidamente uma guarnição, formada pelo sargento Rebello e soldados Márcio, Cris e Ederson, foi formada. Todos os profissionais estavam de folga e mobilizaram-se para prestar atendimento na ocorrência.
O maquinário da empresa, que fica na parte térrea de um imóvel residencial, começou a pegar fogo. Vizinhos, ao sentirem forte cheiro de queimado, arrombaram a porta e, utilizando mangueiras e baldes com água, extinguiram às chamas. Os bombeiros militares, ao chegarem no local, efetuaram o rescaldo e controlaram a situação. Não havia ninguém no imóvel no momento do sinistro. A suspeita é que o fogo tenha iniciado em uma caldeira.

Fonte: Rádio Aurora 107.1 FM

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.