Portal de Notícias Correio do Mate
EconomiaGeralNotícias

Conselho Municipal de Turismo avalia crescimento do setor em Guaporé

Município se destaca no turismo de compras, mas quer muito mais

111Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

O município de Guaporé, uma das potências econômicas do Rio Grande do Sul pela diversidade dos setores como joias folheadas, moda íntima, praia e fitness, metalmecânico e agropecuário, tem se destacado nos últimos três anos pelo crescimento gradativo de turistas que circulam em busca, não só dos mais variados produtos de extrema qualidade, mas por viver novas experiências. São estes que impulsionam e aquecem os setores, fazendo com que o turismo apresente-se como um dos mais eficazes indutores do desenvolvimento sustentável do século XXI.
Guaporé, com a efetiva participação do Poder Executivo, através da secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, com apoio do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), têm buscado alternativas para a implementação de ações que fomentem o setor, seja com investimentos em infraestrutura, recursos humanos e organização administrativa. A principal foi a elaboração do Plano Municipal de Turismo (PMT), um instrumento fundamental na determinação e seleção das prioridades para a evolução harmoniosa da atividade.
“Representa diretamente a consolidação de um planejamento estratégico que vise o delineamento de ações que nortearão os trabalhos do Poder Público, iniciativa privada e entidades acerca da promoção do turismo. O Plano Municipal de Turismo é o resultado integrado entre todos, em especial, a iniciativa privada e o Conselho. Ele determina as prioridades, suas estratégias e ações para alcançá-las, de maneira ordenada, sistematizada, integrada, com eficácia e eficiência”, disse a secretária Cristiane Viel.
Construído sob o alinhamento das diretrizes nacionais e estaduais, o PMT destaca-se pela participação, diálogo com a sociedade, geração de oportunidades de emprego e empreendedorismo, incentivo à inovação, conhecimento e a regionalização. Entre as diretrizes, incluídas nos mais diversificados eixos, 80% foram executada, conforme destacou o presidente do Conselho Municipal de Turismo, empresário Márcio Garbin.
“Foram traçadas metas e estas, junto com o Poder Público e a iniciativa privada, estão sendo executadas. Temos muito para melhorar ainda, mas avançamos e o turismo nos deu excelentes alegrias em 2017, 2018 e 2019. O crescimento é gradativo e estamos felizes com o retorno daqueles que vieram visitar Guaporé e dos guaporenses que, aos poucos, estão descobrindo que o município tem muito a oferecer”, disse Garbin.
Foram executados: implementação de programas de retorno fiscal; melhorias na estrutura nos meios de comunicação para sinais de telefonia e internet, em especial no interior e locais públicos (Wi-fi); investimentos na rede hoteleira (dois hotéis em construção e outro em expansão de leitos) e em um hotel fazenda (Cabanha Pala); sinalização turística na área central; melhorias na infraestrutura dos atrativos turísticos; projeto do Centro de Eventos realizado e em vias de captação de recursos; campanhas de divulgação em diversos canais; trem turístico em projeto final; promoção de Guaporé no âmbito regional, estadual e federal; melhoria nos banheiros públicos; abertura do comércio aos finais de semana; ampliação dos horários dos restaurantes, quando houver turistas e eventos; manutenção da concessão da estação ferroviária e em sua estrutura, entre outros.
“Avançamos muito e muito ainda temos que avançar. O turismo é dinâmico e a cada momento há mudanças. O plano está sendo executado, mas não é de uma hora para outra que vamos conseguir êxito em 100% do projetado. O documento não é o fim de um processo, pois dá início a um novo período de trabalho no empreendimento de ações e estabelecimento de parcerias que fortalecerão a gestão do turismo no âmbito regional, estadual e nacional. O objetivo de todos que fazem parte do Conselho Municipal de Turismo é transformar a atividade, qualificando os profissionais turísticos, inserindo e consolidando Guaporé como destino turístico no Rio Grande do Sul”, destacou.
Garbin ressaltou:
“Não queremos ser uma Gramado ou Canela que fazem do turismo sua fonte maior fonte de renda. Queremos que Guaporé e região, de forma unida, possam proporcionar experiências e vivências incríveis para aqueles que buscam algo diferente, algo único e encantador. Estamos no caminho certo. Basta todos, em especial a comunidade, acreditar”, afirmou o presidente do Comtur.
Segundo dados do Ministério do Turismo, a participação do turismo na economia brasileira já representa 3,7% do PIB do nosso país. Estima-se ainda que, para o ano de 2022, o turismo seja responsável por 3,63 milhões de empregos.

Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Rede Scalabriniana de Comunicação
Texto: Eduardo Cover Godinho
Foto: Divulgação

Portal de Notícias Correio do Mate
Gemerson Rogerio Santos

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.