Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Coprel recebe autorização da FEPAM para obra na subestação de Energia em Marau

A obra que representa o maior montante de investimentos da Coprel Energia em 2020 recebe a autorização geral para dar continuidade na conexão da sua Linha de Transmissão em 138kV

69Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

A obra que representa o maior montante de investimentos da Coprel Energia em 2020 recebe a autorização geral para dar continuidade na conexão da sua Linha de Transmissão em 138kV. A obra de construção da nova Subestação de Energia em Marau (SE Marau 2) e de toda a extensão da Linha de Transmissão recebeu a autorização geral da FEPAM (Fundação Estadual de Proteção Ambiental) no dia 23 de marco deste ano.

A Subestação Marau 2 irá beneficiar 5720 famílias cooperantes de 11 municípios: Marau, Camargo, Casca, Ciríaco, David Canabarro, Gentil, Montauri, Muliterno, Nicolau Vergueiro, Santo Antônio do Palma e Vila Maria.
O valor total do empreendimento é de R$ 14.980.000,00 sendo parte do recurso financiado pelo Badesul/BNDES. Entre os benefícios da implantação está a capacidade de suprir o crescimento da carga para os próximos 15 anos, disponibilidade para atendimento de grandes cargas industriais e expansão da agroindústria voltada a aviários, leite e grãos. Contempla ainda o desmembramento do atual alimentador em quatro novos alimentadores, o que possibilita um ganho ainda maior de eficiência operacional das redes, além da melhoria na qualidade de energia e níveis de tensão.

Segundo o facilitador de Energia, Herton Azzolin, o cronograma de energização das obras, que estava previsto para ocorrer ainda no primeiro semestre de 2020, poderá ser revisto em função dos efeitos da pandemia do coronavírus.

Fonte: Coprel

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.