GeralNotícias

Coronavac para zerar segundas doses em atraso será distribuída nesta quarta, dia 19

0
Tempo de leitura: 1 minuto

A Secretaria da Saúde (SES) irá distribuir às coordenadorias regionais de saúde, na quarta-feira (19/5), 251.200 doses da vacina Coronavac para zerar o déficit de segundas doses (D2) em atraso no Estado. Desse total, 188.800 doses chegaram ao RS na tarde desta terça-feira (18/5) e 62.400 são de lote enviado pelo Ministério da Saúde na semana passada.

“Somando as duas remessas, iremos distribuir quantitativo suficiente para que todos os que tomaram a primeira dose com Coronavac possam completar o esquema vacinal, o que é fundamental para a eficácia do imunizante”, explica Tani Ranieri, chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs).

Também chegaram ao RS no início da tarde desta terça-feira, no mesmo voo da remessa de Coronavac, mais 269.100 doses de Astrazeneca, que serão reservadas, por recomendação do Ministério da Saúde, para aplicação de D2.

As vacinas ficarão armazenadas na Central Estadual de Distribuição e Armazenamento de Imunobiológicos (Ceadi) até o momento de enviá-las aos municípios. Não há atraso na D2 da Astrazeneca.

A SES já distribuiu doses suficientes para completar o esquema vacinal de todos os imunizados com a primeira dose desse laboratório que estariam em tempo de tomar a D2. Além disso, há estoque no RS para D2 de todos os que precisam completar o esquema vacinal até, pelo menos, a metade de julho.

Texto: Ascom SES
Edição: Secom

fonte: GOV RS

Andressa de Oliveira

Maifest live inicia na quinta-feira

Artigo anterior

FONTOURA XAVIER | Professoras de Educação Física são indicadas para fazer parte do processo seletivo do profissional destaque de FIEP-RS.

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral