GeralNotícias

Cotriel passa a ter o Programa Aprendiz Cooperativo do Campo

0
Tempo de leitura: 1 minuto

Na tarde desta terça-feira, 08, ocorreu o primeiro de dois encontros de apresentação do Programa Aprendiz Cooperativo do Campo. Promovida pela Cooperativa do Trabalho dos Profissionais em Educação do Estado do Rio Grande do Sul – Coeducars, em parceria com o Sistema Ocergs Sescoop e Cotriel, a iniciativa irá congregar 23 jovens de escolas de Espumoso e localidades do Depósito, Pontão do Butiá e Serra dos Engenhos, Campos Borges e Alto Alegre. Nesta primeira reunião, que teve a presença dos pais dos jovens, participaram 13 alunos do Depósito e Serra dos Engenhos.

Na abertura, a Assessora Administrativa da Cotriel, Ana Beatriz Gava destacou que Cooperativa faz mais um movimento em busca de incentivar a sucessão na propriedade rural: “Estamos em busca de jovens interessados no campo e, acima de tudo, de formar novas lideranças que irão dar continuidade ao trabalho que está sendo feito. Por isso, fico muito feliz que vocês e seus pais tenham aceitado este desafio de agregar mais conhecimento com esta nova alternativa que passamos a oferecer em parceria com a Coeducars e Sescoop”, enfatizou.

A presidente da Coeducars na região, Fátima Hallal explicou todo o funcionamento do Programa, bem como suas disciplinas que serão aplicadas até o ano de 2022 quando está previsto seu término. Devido à pandemia, as aulas teóricas serão totalmente on-line, e teremos encontros nas tradicionais plataformas que vocês já estão acostumados na Rede Estadual de Ensino. A Cotriel é a cooperativa que mais emprega e mais efetiva jovens e este programa vem de encontro à preocupação que temos com o futuro de vocês como filhos de produtores, que precisam continuar o que seus antepassados começaram”, frisou.

Inque Schneider, professora coordenadora do Aprendiz Cooperativo do Campo ressaltou que além de ser teórico, o projeto irá proporcionar que os estudantes se motivem a buscar algo mais para a propriedade de seus pais: “ Ao final deste um ano e  meio, a prática será um projeto que deverá ser aplicado na propriedade de sua família, o que ficará de legado e pode, futuramente, despertar o empreendedorismo e gerar renda para vocês, quem sabe, descobrirem uma vocação e uma profissão”, destacou.

Programa Aprendiz Cooperativo do Campo

O Programa Jovem Aprendiz Cooperativo do Campo é um projeto do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, que atende as cooperativas agropecuárias com cursos de aprendizagem em atividades dirigidas aos jovens filhos de associados, estimulando a permanência dos mesmos no campo e promovendo a sucessão familiar. O curso é realizado através da parceria entre a Coeducars e Cotriel.

Serão realizadas um total de 1104 horas, com início em 14 de junho de 2021 e término previsto para 16 de novembro de 2022. Serão 17 Unidades Temáticas: Cidadania e Trabalho, Cooperativismo, Empreendedorismo, Formação Humana e Científica, Informática, Contabilidade, Linguagem e Comunicação, Matemática Comercial e Financeira, Educação Ambiental, Cultura de Grãos,Acesso ao Crédito e Garantias, Gestão de Pequenas e Médias Propriedades, Carnes e Derivados, Cadeia Produtiva de Leite. Hortaliças, Fruticultura e Práticas

Em função dos protocolos de segurança devido a pandemia da coronavírus, as 552 horas teóricas serão virtuais, sendo que as demais teóricas consistirão no projeto, que deverá envolver a propriedade do aluno.  . Da mesma forma no encontro, a analista de Recursos Humanos da Cotriel, Fátima Durigon repassou aos pais dos alunos a importância do envolvimento da família em todo o processo de aprendizagem bem como no acompanhamento das atividades a serem desenvolvidas nas propriedades, para que possam aplicar na prática, as vivências obtidas em sala de aula.

Andressa de Oliveira

Reunião com SEBRAE teve como pauta apresentação de novos projetos

Artigo anterior

ARVOREZINHA | Dia Nacional da Imunização

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral