NotíciasPolítica

Deputado Clair auxilia prefeitos de 16 municípios na busca por solução para a segurança

0
Tempo de leitura: 1 minuto

O deputado estadual Clair Kuhn (MDB) intermediou nesta segunda-feira (14) uma reunião entre o vice-governador do Estado e secretário da Segurança Pública, delegado Ranolfo Vieira Júnior, e prefeitos de 16 municípios das regiões do Alto Jacuí, Alto da Serra do Botucaraí e Vale do Taquari. Em pauta, dois pedidos para a área da segurança.

A primeira reivindicação apresentada foi para disponibilizar uma equipe volante para o registro de boletins de ocorrência em flagrante para os municípios atendidos pela Delegacia Regional de Soledade (Lagoa dos Três Cantos, Tapera, Espumoso, Campos Borges, Alto Alegre, Ibirapuitã, Soledade, Mormaço, Barros Cassal, Itapuca, Arvorezinha, Ilópolis, Putinga, Anta Gorda, Fontoura Xavier e São José do Herval).

O prefeito de Tapera, Volmar Kuhn, que representou os demais, relatou as dificuldades enfrentadas nos plantões noturnos e nos finais de semana. “Quando há necessidade de emitir um boletim de ocorrência em flagrante, a viatura do município precisa se deslocar até Soledade com o indivíduo para fazer o registro, levando em alguns casos até três horas para retornar, deixando a população desguarnecida de policiamento nesse meio tempo porque já estamos com número reduzido de efetivo. A equipe volante poderia circular nos municípios conforme a necessidade”, sugeriu Volmar Kuhn.

A segunda demanda foi quanto ao reforço policial em relação à migração de facções para o interior do Estado, especialmente em casos relacionados ao tráfico de drogas. “Há registros nas regiões ligadas a isso, com tentativas de homicídios, pichações com PCC, ações violentas, e a população está assustada e pede ajuda. É muito importante que fosse feita uma ação tática forte contra esses atos”, enfatizou o deputado Clair Kuhn.

O vice-governador explicou que o ingresso de novos policiais em setembro deverá ajudar a reforçar o efetivo no interior. Outra turma está prevista para ingressar em novembro. No entanto, os números são inferiores aos necessários para atender a demanda.

A chefe de Polícia, delegada Nadine Tagliari Farias Anflor, relatou que está em desenvolvimento um projeto de flagrantes à distância. A intenção é usar recursos audiovisuais, por meio da tecnologia, para registrar os boletins de ocorrência. Dessa forma, as equipes se deslocam menos, reduzem custos e ganham em agilidade.

“Os servidores precisam ser empregados para fazer a investigação criminal para segregar, trazer resultados e fazer com que a criminalidade baixe”, destacou.

O vice-governador e secretário de Segurança solicitou que seja dada prioridade incluir a regional de Soledade na implantação do flagrante online. Quanto à interiorização das facções, ele informou que em no máximo um mês será criada uma delegacia especializada que atuará dentro do sistema penitenciário, cerne das facções.

“Agradecemos ao vice-governador pela sensibilidade, carinho e preocupação em atender as demandas dos nossos municípios e para com a segurança do povo gaúcho”, finalizou o deputado Clair Kuhn.

Participaram ainda da reunião pela SSP o diretor de Interior, delegado Eraldo Guerreiro, e a delegada regional Fabiane Vargas Bittencourt.

Legenda: Deputado articulou reunião com vice-governador e prefeitos de 16 municípios

Crédito: Melissa Bulegon

Melissa Bulegon

Assessora de Imprensa – MTE 11607

Deputado estadual Clair Kuhn (MDB)

Gemerson Rogerio Santos

Leite em saquinho São Carlo inicia comercialização

Artigo anterior

ARVOREZINHA | Atendimento odontológico público em período noturno

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.