Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Emater/Ascar-RS Guaporé incentiva práticas de conservação do solo

Celebrado no mês de abril, o Dia Nacional da Conservação do Solo, tem como objetivo valorizar as práticas conservacionistas do solo

88Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Celebrado no mês de abril, o Dia Nacional da Conservação do Solo, tem como objetivo valorizar as práticas conservacionistas do solo, essenciais para a manutenção, não apenas de um ambiente saudável e sustentável, mas também adequado para a continuidade da atividade rural, com produtividade. Conservar a terra e aumentar a produção de alimentos sem prejuízos ao meio ambiente é um dos maiores desafios. Ações específicas, incentivadas pelos técnicos e engenheiros da Emater/Ascar do Rio Grande do Sul, fazem com que o Rio Grande do Sul se destaque, porém, há muito ainda a crescer.
No município de Guaporé, o engenheiro agrônomo, Antônio Cesar Perin, juntamente com os demais colegas do Escritório da Emater/Ascar-RS, não tem medido esforços para colocar em prática as atividades que visam melhorar o manejo do solo e água.
“Uma forma de repor a fertilidade do solo e evitar as perdas na agricultura é manter práticas conservacionistas e de manejo que retenham a água no solo”, afirmou.
Entre as práticas destacam-se, além do Plantio Direto, a rotação de cultura, construção de terraços. Essas, segundo Perin, são fundamentais. O engenheiro agrônomo cita algumas atividades que vão na contramão e degradam o solo como a queima de palhada nas lavouras e do uso do arado, acompanhadas de duas ou três gradagens, ficando descoberto aos processos de erosão, causando perda de sementes e fertilizantes, necessitando muitas vezes de replantio das lavouras.
Conforme Perin, existem 15 propriedades com práticas de terraceamento que visam manejar adequadamente o volume hídrico em Guaporé. Além disso, a maior parte dos agricultores executam a prática de uso de plantas de cobertura de solo. O plantio Direto ainda precisa ser melhor executado e devemos ampliar a quantidade de semeadura como aveia, azevém, e leguminosas.
“A cada ano estamos evoluindo na conservação do solo, mas estamos muito longo do que consideramos o ideal. Os produtores rurais estão cientes que precisam mudar o pensamento para terem maior ganho nas lavouras, com menos perda da qualidade do solo. O preparo do solo mudou e a Emater/Ascar-RS, com pesquisas e técnicas aprimoradas, tem contribuído com os agricultores que acreditam nas práticas de conservação do solo, para garantir mais produtividade para as futuras gerações”.

Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.