Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Entenda os pontos do Decreto que liberou o comércio em Encantado

Uso de máscaras será obrigatório

98Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Conforme anunciado por meio de Nota emitida nas redes sociais da Prefeitura Municipal na quarta-feira, 15, e após o Governo Estadual ter relaxado as restrições para as atividades comerciais e prestadores de serviços em decorrência da pandemia mundial da COVID-19 (com exceção das regiões metropolitana e serra gaúcha), o Prefeito de Encantado Adroaldo Conzatti publicou Decreto na tarde desta quinta-feira, 16, determinando condições especiais para funcionamento do comércio e de serviços, com amparo em dados técnicos científicos, alinhadas às medidas para o enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do surto epidêmico de coronavírus (COVID-19).

Uso de máscaras

Pelo Decreto fica obrigatória a utilização de máscaras em todas as repartições públicas municipais pelos servidores públicos e por munícipes que se digirigem às repartições, cabendo aos órgãos públicos o fornecimento de máscaras para quem não possuir. Também é recomendado que toda população utilize máscaras nos espaços de uso comum, incluindo vias públicas. Além disso, foi determinada a utilização de máscaras, a partir do dia 17 de abril de 2020, por todas as pessoas dentro dos estabelecimentos comerciais, incluindo consumidores, para evitar a transmissão comunitária do Coronavírus.

A não utilização de máscaras sujeita à aplicação de sanções civis, administrativas e penas.

Sobre a imposição do governo ao uso de máscaras o Jornal Força do Vale realizou nesta semana uma enquete na página do Jornal na rede social Facebook e a maioria dos internautas, 82%, votaram pela obrigatoriedade no uso do equipamento.

Estabelecimentos comerciais

Fica autorizado o funcionamento excepcional dos estabelecimentos comerciais.

E pelo Decreto são considerados estabelecimentos comerciais todo e qualquer empreendimento mercantil dedicado ao comércio ou à prestação de serviços, tais como lojas, centros comerciais, teatros, cinemas, casas de espetáculos, dentre outros, que impliquem atendimento ao público, em especial, mas não só, os com grande afluxo de pessoas.

Condições para abertura

A abertura dos estabelecimentos fica condicionada ao cumprimento das medidas de prevenção ao COVID-19 previstas no artigo 5º do Decreto (uso de máscaras), bem como a restrição de atendimento aos clientes à no máximo 50% (cinquenta por cento) da capacidade permitida no estabelecimento comercial pelo PPCI, sendo que o limite para academias fica fixado em 30% (trinta por cento) da capacidade, nos termos fixados pelo PPCI desses estabelecimentos.

Horário de funcionamento

Os estabelecimentos comerciais só poderão ficar abertos até às 20 horas, com exceção das academias, bares e restaurantes, onde o horário de atendimento poderá ser estendido até às 22 horas (As lojas de conveniência dos postos de combustível poderão funcionar, em todo o território municipal, em qualquer localização, dia e horário, observadas as medidas de que trata o art. 4º deste Decreto, com a vedação de permanência de clientes no interior dos respectivos ambientes além do tempo necessário para a compra de alimentos e de outros produtos, sendo proibida a aglomeração de pessoas).

Fiscalização

A fiscalização será exercida pelo Departamento de Fiscalização, através de boletins semanais de fiscalização encaminhados ao Prefeito Municipal, que contenham os seguintes dados indicativos:

a) Observância das normas gerais de higiene pelos estabelecimentos comerciais, através de fiscalização por amostragem que alterne dias, horários, regiões e tipos de estabelecimentos, preferencialmente com levantamento fotográfico e entrevista a colaboradores;

b) Indicativo de denúncias e apurações realizadas pelo setor;

c) Sugestões e medidas que forem evidenciadas no processo, para aprimoramento das normas municipais.

Prazo das medidas

A autorização e funcionamento excepcional dos estabelecimentos comerciais será avaliada semanalmente, com respaldo em evidências científicas e em análises sobre as informações estratégicas em saúde, podendo adotar novas medidas restritivas a qualquer momento, especialmente se evidenciado descumprimento generalizado das normas previstas no artigo 5º (uso de máscaras) ou se tais medidas não forem mais eficientes no combate ao COVID-19 novo Coronavirus.

Clique aqui e leia o Decreto 51/2020 na íntegra.

Fonte: Força do Vale

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.