GeralNotícias

ESPUMOSO | Audiência Pública é realizada em Espumoso, para debater ações que amenizem os estragos da estiagem na região

0
Tempo de leitura: 1 minuto

A forte estiagem que atinge toda a região, e todo o estado do Rio Grande do Sul foi o assunto da audiência pública realizada hoje (12) pela manhã na cidade de Espumoso. Em debate ações imediatas e que amenizem os já grandes prejuízos trazidos pela falta de chuvas no estado.
O encontro reuniu diversas autoridades, regionais, estaduais e federais, além de cooperativas, empresas, sindicatos e produtores rurais da região, para que, em um grande debate, elaborassem um documento que será entregue as autoridades estaduais e federais, buscando assim recursos e condições para quem vive no campo e principalmente vive do agro.
A Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS) estima que as perdas financeiras no Valor Bruto da Produção (VBP) de soja e do milho devido à estiagem no Estado ultrapassem os R$ 19,77 bilhões. A estimativa considera os números divulgados até o momento.
No estado 231 municípios já encaminharam o decreto de emergência para ser homologado pelo estado e união, entre eles Fortaleza dos Valos.
Em suas redes sociais a Prefeita de Fortaleza dos Valos e Presidente do COMAJA Marcia Rossatto Fredi, destacou: “reafirmamos o apoio às reivindicações das entidades presentes, as quais recebemos a pauta, que será levada ao governo estadual, como resultado desse importante encontro”.
#GestãodeResultadosnoAgro #FortalezadosValos #CeleiroMecanizado #Estiagem #Debate #Ação

 

 

 

 

 

 

fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Fortaleza dos Valos

Andressa de Oliveira

ARVOREZINHA | Boletim Epidemiológico atualizado

Artigo anterior

FORTALEZA DOS VALOS | Agenda da Prefeita em Porto Alegre, tem demandas como estiagem, causa animal e obras

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral