Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Farmácia é autuada por vender máscaras a quase R$ 100 em Porto Alegre

Embalagens com rótulos sem a descrição em português também foram averiguadas durante a operação

84Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Fiscais do Procon Porto Alegre e da Diretoria de Fiscalização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE) vistoriaram 15 estabelecimentos, nesta quarta-feira, a fim de verificar os valores praticados na venda de álcool gel e máscaras de proteção respiratória. Os itens vêm sendo bastante procurados em virtude da pandemia de coronavírus e os preços altos motivaram dezenas de denúncias que chegaram ao conhecimento dos órgãos. Os agentes autuaram uma farmácia que adquiriu uma embalagem com máscaras a R$ 42,90 e que revendia o produto, anunciado como “oferta” a R$ 99,90.

De acordo com a diretora executiva do Procon de Porto Alegre, Fernanda Borges, a ação configura prática abusiva, de acordo com Código de Defesa do Consumidor (CDC). “É injustificável precificar os produtos de forma desleal e claramente para obter vantagem em um momento de apreensão da população”, salienta.

Embalagens com rótulos sem a descrição em português também foram averiguadas durante a operação. No total, foram apreendidos 54 pacotes de máscaras com essa característica. “É mais um caso de violação ao CDC”, disse. É direito do consumidor, de acordo com ela, o “amplo direito à informação correta, clara, precisa, ostensiva e em língua portuguesa sobre as características, qualidades, quantidade, composição, preço, garantia, prazos de validade e origem”.

Monitoramento
O Procon Porto Alegre vai monitorar os preços do álcool gel e de máscaras de proteção respiratória na cidade. O objetivo da ação é identificar e coibir possíveis aumentos injustificados de preço.

Para fazer o monitoramento, o órgão criou uma amostra com 20 estabelecimentos da Capital, entre supermercados, farmácias e mercados de bairro.

Até o dia 20 de março, eles terão de fornecer a lista com todos os produtos de álcool gel e máscaras descartáveis disponíveis para comercialização, incluindo marca e quantidade. Além disso, precisarão comprovar, por intermédio de notas fiscais, os valores de aquisição e de venda desses itens nos três últimos meses – tendo como referência as datas de 5 de janeiro, 5 de fevereiro e 5 de março.

Fonte: Rádio Ativa – Nova Prata

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.