Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Foco de coronavírus, frigorífico de Passo Fundo é interditado por tempo indeterminado

Planta da JBS está com 19 trabalhadores com testes positivos para o vírus, o que teria ocorrido em razão de aglomerações na unidade

251Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

A unidade do frigorífico da JBS em Passo Fundo, no norte do RS, foi totalmente interditada, por tempo indeterminado, após o encerramento de fiscalização da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho, órgão vinculado ao Ministério da Economia. O termo de fechamento da empresa foi emitido na tarde desta sexta-feira (24) pelos auditores fiscais do trabalho que atuam na inspeção da planta há três dias.

O motivo da interdição é o fato de o frigorífico ter se tornado um foco de coronavírus, com 19 trabalhadores testados positivos para a doença. Além disso, dois familiares desses empregados infectados morreram por força da covid-19. Há pelo menos 15 outros trabalhadores sob suspeita de terem contraído o vírus.

— As questões mais importantes são a falta de local de triagem adequado, aglomeração de funcionários durante a troca de turnos, não cumprimento do distanciamento seguro entre os funcionários, falta de comunicação de casos suspeitos para a vigilância epidemiológica e ausência de monitoramento dos funcionários. Em 17 de abril, a empresa tinha sete casos confirmados de covid-19. No dia 23, já eram 19 confirmados. Em apenas seis dias, quase triplicaram os positivos — explica Mauro Marques Müller, coordenador estadual da seção de Saúde e Segurança do Trabalho, da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho.

Ele explica que o termo de interdição total é uma medida administrativa e cautelar, com o objetivo de evitar mais adoecimento de trabalhadores. A empresa pode recorrer à Superintendência Regional do Trabalho, mas a ação não gera efeito suspensivo. A JBS ainda pode buscar recursos na esfera judicial.

Para a empresa ser reaberta e voltar a operar, o frigorífico terá de adotar medidas de correção. Na esfera judicial, o Ministério Público do Trabalho (MPT) move ação civil pública contra a unidade de Passo Fundo da JBS devido ao foco de coronavírus na planta. Após as notícias de casos positivos acumulados, uma audiência emergencial foi convocada para a tarde desta sexta-feira na Justiça do Trabalho.

Em números absolutos, Passo Fundo é a segunda cidade do Rio Grande do Sul com maior incidência de coronavírus, com 73 casos confirmados e seis óbitos, atrás apenas de Porto Alegre.

A reportagem solicitou contraponto para a JBS e aguarda manifestação da empresa.

Fonte: Radio Ativa – Nova Prata

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.