GeralNotícias

FONTOURA XAVIER | Setor de Fiscalização visita comércio alertando para restrição do final de semana

0
Tempo de leitura: 1 minuto

O setor de fiscalização do município de Fontoura Xavier, esteve visitando alguns estabelecimentos comerciais do centro na tarde desta sexta-feira (26), para alertar referente ao descumprimento de medidas de combate à Covid-19, estabelecidas pelo Governo do Estado em seu último decreto, que determina o fechamento de todo o comércio não essencial no sábado e no domingo. Um novo decreto está previsto para ser divulgado nesta sexta-feira (26/03).

Atualmente, o comércio considerado pelo governo do estado como não essencial pode abrir durante a semana, mas deve fechar a partir das 20h, podendo retomar a partir das 5h. Já nos sábados e domingos permanece fechado.

A fim de evitar aglomerações e consequentemente multas, os comerciantes foram orientados de todas as consequências estabelecidas caso descumprimento do decreto. No município de Fontoura Xavier, os números de casos positivados pela Covid-19 tem caído, tanto na atenção primária, com atendimentos em postos de saúde, quanto em Hospitais para internações.

Entretanto, o setor de fiscalização relembra que ainda é o pior patamar, que significa que há necessidades, sim, de muitos cuidados.

Por conta da melhora nos indicadores, Fontoura Xavier não fará um decreto específico, mais restritivo. Dessa forma, o município seguirá as medidas adotadas pelo governo do Estado.

Vale ressaltar, que os comércios não-essenciais poderão atender de forma virtual e por tele entrega. O atendimento presencial está restritivamente proibido em todo o município.

Confira os estabelecimentos que possuem autorização para funcionar de acordo com o Decreto Estadual 55.779 de 21 de março de 2021, Art 2°.

3º Não se aplica o disposto nos incisos do “caput” artigo aos seguintes estabelecimentos:
I – assistência à saúde, incluídos os serviços médicos e hospitalares, as farmácias e as óticas;
II – serviços funerários;
III – serviços agropecuários, veterinários e de cuidados com animais em cativeiro;
IV – assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade;
V – que realizem atendimento exclusivamente na modalidade de tele-entrega;
VI – postos de combustíveis, vedada, em qualquer caso, a aglomeração de pessoas nos espaços de circulação e
nas suas dependências;
VII – dedicados à alimentação e à hospedagem de transportadores de cargas e de passageiros, especialmente
os situados em estradas e rodovias, inclusive em zonas urbanas;
VIII – hotéis e similares;
IX – Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul – CEASA/RS.
X – órgãos e entidades da administração pública direta e indireta da União, do Estado e dos Municípios;
XI – concessionários prestadores de serviços públicos essenciais;
XII – serviços de estacionamento, lavagem de veículos, praças de pedágios, marinas de guarda de embarcações
e similares;
XIII – os estabelecimentos comerciais que forneçam insumos às atividades relacionadas à construção civil em
geral, à manutenção e à conservação de estradas e de rodovias, como ferragens, madeireiras e similares;
XIV – os serviços de banho e tosa de animais, quando estes decorram de recomendação médico-veterinária;
XV – os estabelecimentos dedicados aos serviços de manutenção, de reparos ou de consertos de veículos, de
equipamentos e de pneumáticos e os estabelecimentos destinados à comercialização, distribuição e fornecimento de peças
para estes serviços;
XVI – os estabelecimentos dedicados à comercialização, distribuição e fornecimento de equipamentos, de peças
e de acessórios para manutenção, reparos ou consertos de aparelhos de refrigeração e de climatização, de elevadores e de
outros equipamentos essenciais ao transporte, à segurança e à saúde, bem como ao transporte de cargas.

 

 

 

 Escrito por: ClicNews

Andressa de Oliveira

SERAFINA CORRÊA | Confira alguns dos Projetos de Lei encaminhados para aprovação da casa Legislativa do município

Artigo anterior

SERAFINA CORRÊA | Coleta de lixo seco na zona rural será realizada a partir da próxima segunda-feira

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral