Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Foragido é preso pela PATAMO em Guaporé

Os órgãos de segurança pública do Rio Grande do Sul prosseguem, mesmo neste momento em que as atenções estão voltadas à situação da pandemia mundial do novo coronavírus (Covid-19), combatendo a criminalidade

120Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Os órgãos de segurança pública do Rio Grande do Sul prosseguem, mesmo neste momento em que as atenções estão voltadas à situação da pandemia mundial do novo coronavírus (Covid-19), combatendo a criminalidade. No final da noite da quinta-feira, dia 19 de março, por volta das 23h30min, policiais da Patrulha Tático Móvel (PATAMO) da 2ª Companhia da Brigada Militar de Nova Prata (2ª CIA), efetuaram a prisão de um homem no bairro Planalto (Capela Nossa Senhora Aparecida).
A guarnição da PATAMO, após o recebimento de informações de que um foragido do sistema prisional gaúcho, de 46 anos, estaria na localidade, deslocaram-se para a rua Thales Antônio Filipon. O homem, com antecedentes criminais por furto em diversas modalidades, estupro e outras de menores proporções, foi localizado e abordado. Sua situação foi verificada através do Sistema Consultas Integradas e houve a confirmação de foragido.
Os policiais deram voz de prisão e encaminharam-no para a Delegacia de Polícia Civil (DP), de Guaporé, para o registro da ocorrência. Posteriormente foi conduzido para o Presídio Estadual.

PATAMO
As guarnições da PATAMO pertencem ao 3º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (3º BPAT) de Bento Gonçalves, realizam o patrulhamento nos 17 municípios sob responsabilidade da 2ª CIA.

Fonte: Rádio Aurora 107.1 FM

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.