AgronegóciosDestaqueEconomiaNotíciasPolítica

Governo anuncia durante a Expodireto a liberação de cerca de R$ 2,8 bilhões para destravar crédito rural

0
Tempo de leitura: 1 minuto

A pressão de autoridades gaúchas, na 22ª Expodireto Cotrijal, teve efeito. O governo Federal anunciou na feira a liberação de cerca de R$ 2,8 bilhões para destravar o crédito rural. Os recursos vão contemplar produtores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul, quatro estados atingidos pela estiagem.

 Em reunião virtual com a direção da Cotrijal, no início da tarde desta quinta-feira (10), a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, informou a liberação de R$ 1,2 bilhão para rebate de parcelas do Pronaf (sem cobertura do Proagro ou seguro agrícola), a partir de uma Medida Provisória (MP) que será publicada até a próxima terça-feira (15).

 Também foi anunciado o destravamento de R$ 1,686 bilhão para linhas do Plano Safra 2021/2022, via projeto de lei (PLN 1/2022) que será votado no Congresso na quarta (16). O objetivo é a retomada do crédito rural, como custeio e investimentos.

 O PLN 1/2022 ainda deverá contemplar R$ 1,3 bilhão para complementação do Proagro, R$ 510 milhões de seguro agrícola e R$ 600 milhões para prorrogação de custeios e investimentos.

O presidente da Cotrijal, Nei César Manica, que no início da semana cobrou a presença da ministra na Expodireto, desta vez elogiou Tereza Cristina em entrevista coletiva realizada após a reunião. “A gente tem que fazer um louvor a ela. O não comparecimento é compressível, pois ela está em Brasília trabalhando nas nossas reivindicações”, explicou.

Quanto à ausência do presidente Jair Bolsonaro, reiterou sua insatisfação: “Não vou mais convidar presidente da República para vir na Expodireto”.

 Manica também elogiou o empenho do senador Luis Carlos Heinze, que após a abertura oficial da Expodireto, na segunda-feira (7), correu a Brasília para buscar soluções para o problema da estiagem. Heinze se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro e com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Presente na coletiva, o senador ressaltou que há duas semanas R$ 860 milhões já tinham sido liberados com recursos do Ministério da Agricultura. “Começamos a normalizar o crédito rural, que é exatamente o que o produtor precisa neste momento”, disse Heinze.

Durante a coletiva também foi evidenciada a importância do esforço coletivo das entidades e deputados, de vários partidos, na busca por medidas de apoio aos produtores. Na avaliação dos presidentes da Farsul, Gedeão Pereira, e da Fetag, Carlos Joel da Silva, a feira, desde o princípio, tem sido um grande palco de defesa dos interesses do campo e a partir da força da Expodireto Cotrijal que se alcançou soluções para muitos problemas vivenciados pelos produtores rurais.

Também estiveram presentes na coletiva de imprensa: vice-presidente da Cotrijal, Enio Schroeder; embaixador da Expodireto Cotrijal, Paulo Sérgio Pinto; deputado federal Pedro Westphalen, deputado estadual Ernani Polo; presidente da Famurs, Eduardo Bonotto; vice-presidente da Aprosoja, Irineu Orth; economista da Fecoagro, Tarcísio Minetto; e o economista-chefe da Farsul, Antônio da Luz.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Expodireto Cotrijal

Gemerson Rogerio Santos

ANTA GORDA | Atleta é convocado para Torneio Internacional de Futebol

Artigo anterior

Presidente da AAMOINHOS faz entrega do projeto para restauro do moinho Burille

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.