Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Governo do RS analisa ofertas da Arena e do Beira-Rio para hospitais de campanha

Uso de espaços será de acordo com a necessidade diante do avanço do novo coronavírus

93Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Devido ao avanço do novo coronavírus no Rio Grande do Sul, o governo do Estado já analisa a possibilidade montagem de hospitais de campanha, medida que já foi realizada em São Paulo, local que tem o maior número de mortes pela Covid-19. Em entrevista à Rádio Guaíba, o governador Eduardo Leite destacou que já recebeu propostas oferecendo a Arena e o Beira-Rio para a criação de centros hospitalares.

“Estamos recebendo muita oferta de espaços, desde a Arena do Grêmio até o Beira-Rio, do Sport Clube Internacional, além de outros clubes esportivos de Porto Alegre e do interior do Estado, que já ofertaram espaços para que possamos instalar hospitais de campanha”, disse Leite.

O governador explicou que os espaços oferecidos estão sendo contabilizados para que depois seja analisada a possibilidade da construção de hospitais de campanha. “Nós estamos analisando a questão, observando espaços disponíveis em hospitais particulares que vão deixar de fazer cirurgias eletivas e colocam a sua estrutura à disposição. Temos um de Taquara que pode ser utilizado integralmente. Hotéis também estão se colocando à disposição. Todos estes locais serão organizados de acordo com a necessidade apresentada”, argumentou. “Até aqui, o que observamos é que os espaços instalados no RS dão conta da demanda para as próximas semanas. Estamos preparando uma segunda fase com a hipótese de crescimento de casos, o que exige a instalação destes hospitais”, completou.

Fonte: Rádio Ativa – Nova Prata

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.