GeralNotícias

Governo publica portaria que amplia programa de voluntariado na área ambiental

0
Tempo de leitura: 1 minuto

Portaria 158 da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), que dispõe sobre o Programa de Voluntariado, foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (1/10). A atividade, que era executada exclusivamente nas unidades de conservação gerenciadas pelo Estado, agora foi ampliada para todos os setores da Sema, como divisões, departamentos, balcões unificados, Jardim Botânico, Museu de Ciências Naturais e Parque Zoológico.

Entre as tarefas propostas é possível destacar práticas que envolvem gestão de fauna e flora, recursos hídricos e saneamento, energia, mineração, controle e monitoramento da qualidade ambiental e educação ambiental.

O diretor do Departamento de Biodiversidade, Diego Pereira, explica que essa é uma excelente oportunidade de aperfeiçoamento profissional, já que o programa oferece capacitação prévia, acompanhamento por um supervisor para auxiliar no desenvolvimento das atividades e um certificado com as atividades realizadas e carga horária. O voluntário também poderá propor ações específicas que não estejam descritas nos editais ofertados.

As oportunidades serão publicadas em editais, no site da secretaria, possibilitando a inscrição on-line de interessados. Serão selecionados aqueles que mais se adequarem às vagas. Para fazer parte, é preciso preencher formulário disponível aqui. Os selecionados serão contatados posteriormente.

Texto: Ascom Sema
Edição: Secom

Sandra Meotti

Fontoura Xavier: Associado CERFOX poderá, na troca de 1 kg de alimento não perecível, receber muda de árvore nativa

Artigo anterior

Governo institui programa para estimular e valorizar a inovação em cadeias produtivas tradicionais

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral