Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Guaporé: Aulas na Rede Pública Municipal permanecem suspensas

O Poder Público, através da Secretaria de Educação, dá sequência à suspensão das atividades dentro das salas de aula na Rede Pública Municipal e particulares de educação infantil

62Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

O Poder Público, através da Secretaria de Educação, dá sequência à suspensão das atividades dentro das salas de aula na Rede Pública Municipal e particulares de educação infantil. Mais de três mil alunos e cerca de 570 profissionais, que aguardavam o encerramento da quarentena previsto para o dia 5 de abril, continuarão em seus lares pelo menos até o dia 30.
O Decreto Municipal, publicado na tarde da sexta-feira, dia 3 de abril, na Seção VI – Art 38 determina: “ficam suspensas as aulas e cursos de formação presenciais da Rede Municipal de Ensino (Educação Infantil, Ensino Fundamental e EJA), da Rede Particular de Educação Infantil, bem como de estabelecimentos educativos, de apoio pedagógico ou de cuidados com as crianças, recreação, incluídas creches e pré-escolas situados em todo território guaporense”.
No texto destaca-se a possibilidade de antecipar o recesso escolar, que aconteceria no mês de julho. Serão validados nas escolas da Rede Municipal de Ensino como dias letivos o período de 20 de março a 03 de abril de 2020, caso adotadas medidas pedagógicas substitutivas às aulas presencias.
“É uma decisão difícil, mas nós tivemos que tomá-la. Pedimos a compreensão dos pais e responsáveis. Estamos buscando preservar a saúde e a vida das crianças, dos seus familiares e dos profissionais da educação. Estes devem estar em perfeitas condições, assim que as atividades retornarem, para que possam bem recepcionar as crianças, adolescentes, jovens e adultos”, destacou a secretária Veridiana Maria Tonini.
Durante o mês, o transporte escolar fica suspenso até a retomada das atividades presenciais.

Fonte: Rádio Aurora 107.1 FM

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.