GeralNotícias

GUAPORÉ | Entidade traz uma história de cuidado, amor, acolhida e carinho

0
Tempo de leitura: 1 minuto
Uma das entidades mais queridas de Guaporé, que presta seus serviços às meninas em vulnerabilidade social oferecendo contraturno escolar, oficinas, arte, aprendizado e acolhida está de aniversário. Em 24 de março de 1968, o sonho do casal Primo e Palmira Pandolfo, juntamente com o Pe. Tranquilo Lorenzin, concretizou-se. Primo e Palmira, doadores da área de terra, com a ajuda do Pe. Tranquilo idealizaram o Lar da Criança que iria acolher, cuidar e amar crianças da comunidade, no turno inverso da escola.
“Hoje, aos 53 anos de existência, esse ideal permanece muito forte graças a todas as pessoas que se envolveram e se envolvem com muita dedicação e desejo de que o Lar da Criança continue sendo esse lugar de alegrias e crescimento pessoal das meninas assistidas. Nossa imensa gratidão a todos que colaboraram com o Lar. São 53 anos de uma linda história que marca essa Entidade Scalabriniana” comemoram a direção, funcionários e colaboradores do Lar.
Em tempos de pandemia, o trabalho precisou se transformar. E mesmo sem a presença física das meninas no Lar, o atendimento conseguiu ser mantido, chegando aos lares dentro do possível e das medidas sanitárias. Atualmente mais de 100 famílias guaporenses fazem parte da grande família Primo e Palmira Pandolfo.
FONTE: Rádio Aurora
Andressa de Oliveira

SERAFINA CORRÊA | Novos veículos e equipamentos para a Secretaria de Saúde

Artigo anterior

ALTO ALEGRE | A Secretaria Municipal de Educação informa que o Transporte Público de Passageiros será retomado a partir dessa sexta, dia 26 de março

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral