NotíciasPolícia

GUAPORÉ | Operação conjunta da Brigada Militar e Polícia Civil apreende armas, coletes e leva três à prisão

0
Tempo de leitura: 1 minuto

Parte dos moradores da Comunidade Vila Verde e das proximidades do Grêmio Bochófilo Gaúcho, bairro São Cristóvão, vivenciaram na sexta-feira, dia 3 de junho, momentos de tensão e pânico em plena luz do dia. Por volta das 16h, criminosos, tripulando um automóvel Fiat Palio Weekend – identificado pelas câmeras de videomonitoramento, efetuaram cerca de 10 disparos de arma de fogo e, posteriormente, fugiram para rumo desconhecido. Policiais do 4º Pelotão da Brigada Militar (BM) e agentes da Delegacia de Polícia Civil (DP), de Guaporé, efetuaram buscas, mas não conseguiram lograr êxito. A situação repetiu-se na madrugada da quarta-feira, dia 8, por volta da 1h30min. Porém, o desfecho foi favorável à comunidade guaporense.
A Central de Operações da BM (Telefone 190) recebeu informações que um automóvel, com características semelhantes ao utilizado no dia 3, estaria transitando pelas vias urbanas da Vila Verde e disparos de arma de fogo haviam sido efetuados pelos criminosos. A equipe da Força Tática (FT) e guarnições do policiamento ostensivo, comandadas pelo tenente Júlio César de Oliveira Greff, deram início às buscas. Os policiais localizaram um automóvel Toyota Etios, emplacado em Bento Gonçalves – Táxi, trafegando em direção a rodovia ERS-129 em atitude suspeita com três elementos em seu interior. Ao visualizar a viatura da FT, o motorista empreendeu fuga em direção à cidade de Dois Lajeados, mas acabou abordado.
Questionados, o trio, todos moradores de Bento Gonçalves, confessaram que eram os autores dos disparos efetuados na Vila Verde. Eles, que receberam voz de prisão, indicaram aos policiais que o automóvel utilizado para o cometimento da ação delituosa encontrava-se em uma residência na área central, assim como as armas utilizadas. No imóvel, na rua Gino Morassutti – a menos de 50 metros do Fórum de Guaporé, um homem, de 26 anos, e mais duas mulheres, de 19 e 23 anos, foram presas. Lá, os policiais militares, conjuntamente com os agentes da DP, coordenados pelo delegado Tiago Lopes de Albuquerque, de posse de um mandado de busca e apreensão (MBA) expedido pelo Poder Judiciário, localizaram em uma garagem o Fiat Palio Adventure, em situação de furto/roubo e sem as placas, e o armamento. As placas, com identificação MFL-3ª64, estavam em uma sacola plástica ao lado do veículo. Foram apreendidas na residência duas pistolas 9mm (Marca Bersa – Numeração Suprimida), uma espingarda calibre .12 (Marca Boito), três coletes balísticos, 21 munições cal. .12 (Marca CBC), nove cal. 9mm (Marca CBC), quatro cápsulas munição 9mm deflagradas e um cartucho cal. 12 deflagrado.
Desacerto entre criminosos que integram facções rivais, em especial para a tomada/controle de pontos de tráfico de drogas no município, pode ser a principal motivação para os dois fatos.
“Nos chamou atenção a forma e a audácia de como eles agiram, em duas áreas populosas e efetuando os disparos. Em princípio, pelo que levantamos, os alvos seriam pontos de comercialização de drogas. Conseguimos nos mobilizar e rapidamente, com auxílio dos policiais civis, apreendemos o automóvel e as armas utilizadas, bem como os integrantes da de uma facção que causaram medo na população”, disse o tenente Greff.
O delegado Albuquerque afirma que ação conjunta foi extremamente importante para o combate e repressão à criminalidade.
“Ao mesmo tempo em que retira de circulação esse armamento, recupera esse veículo roubado, ela também traz elementos para nossa investigação. Agora, temos que trabalhar para poder demonstrar a vinculação desses indivíduos com os fatos anteriores. Nossa investigação prossegue para tornar mais robusta a prova e poder, ao fim do inquérito policial, indiciar esses indivíduos por essas infrações penais”, destacou.
O trio, assim como os três tripulantes do Táxi, foram conduzidos para a DP de Guaporé para os procedimentos legais. As duas mulheres, residentes no imóvel da área central, após o registro do flagrante por posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e receptação, foram encaminhadas para a Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves onde ficam à disposição da Justiça. Uma delas, de 23 anos, tem três passagens por tráfico de drogas e cumpria prisão domiciliar. Os tripulantes do Táxi e o jovem detido no imóvel, após o registro, foram liberados. As investigações, por parte dos policiais civis, prosseguem.
Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM

 

Pode ser uma imagem de 5 pessoas, carro e estrada

Andressa de Oliveira

CCR ViaSul prevê interdição da BR-386 nesta quarta (8) para detonação de rochas

Artigo anterior

Condenado pela justiça do Paraná é preso em Encantado

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.