Notícias

GUAPORÉ | Processo Administrativo Especial contra a Corsan agilizou licitação para construção da nova adutora

0
Tempo de leitura: 1 minuto
As constantes interrupções de água em Guaporé, provocadas pelos rompimentos da adutora da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) ao longo dos anos – com agravamento nos anos de 2019 e 2020, geraram transtornos para a comunidade. Diante da situação, com maiores problemas verificados ao longo dos meses de dezembro de 2019 até junho de 2020, a Administração Municipal, através da Secretaria Geral de Governo e Departamento Jurídico, procurou o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul (MP/RS) para que a estatal cumprisse as cláusulas do Contrato de Programa de Prestação de Serviço de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário. Porém, ao longo do ano passado pouco foi feito e os rompimentos continuaram.
Um Processo Administrativo Especial foi instaurado e a Corsan foi condenada ao pagamento de uma multa. Após ser cientificada, pediu reconsideração para análise. Os advogados do Departamento de Defesa Do Patrimônio, Fernando Cirineu da Silva Nardon (Gestor) e Felipe De Almeida Motta, encaminharam um ofício ao Poder Público de Guaporé prestando esclarecimentos e informando que a guia municipal no valor de R$ 41,8 mil referente ao processo seria liquidada. A estatal quitou o valor.
No período, a Corsan, a pedido da Administração Municipal, agilizou algumas melhorias na rede de distribuição de água em pontos estratégicos, bem como acelerou o processo de licitação para a troca da adutora que conduz a água bruta do rio Carreiro até a Estação de Tratamento de Água (ETA), localizada no bairro São José. A substituição deve acontecer ao longo do segundo semestre de 2021 e em 2022. A empresa vencedora da licitação foi conhecida.
“O Município fez sua parte em cobrar dos órgãos competentes e da Corsan explicações sobre as constantes interrupções no fornecimento de água à população. Buscamos de todas as formas melhorar a qualidade de distribuição e, diante das situações que geraram incômodos, abrimos um processo. Esse foi concluído com advertência e multa a estatal. Mas esse ponto não foi o mais importante. Conseguimos que a Corsan desse andamento ao processo de substituição (construção) da nova adutora, o que de fato está para acontecer o mais breve possível. A vitória não é da Prefeitura, mas da comunidade”, disse o secretário Geral de Governo Odacir Toldi.
FONTE: Prefeitura de Guaporé
Andressa de Oliveira

MUÇUM | Escolas voltam a atender em turno integral

Artigo anterior

MUÇUM | Prefeitura lança edital para construção de casas

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.