Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Guaporé: Se depender do Poder Público e do prefeito, o comércio abre no dia 16

O importante é acharmos um ponto de equilíbrio entre saúde e economia

128Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Parte dos empresários do varejo do Rio Grande do Sul, principalmente aqueles que não possuem estabelecimentos considerados essenciais nesse momento em que há um enfrentamento à pandemia do coronavírus (Covid-19), aguardam ansiosamente o posicionamento do governador Eduardo Leite, quanto à flexibilização das restrições para a reabertura do comércio. A revolta é geral e recebe reforço dos proprietários das academias, sejam elas de ginástica, dança e outros.
Conforme o Decreto Estadual n.º 55.154/2020, está proibida a abertura para atendimento ao público dos estabelecimentos comerciais, exceto aqueles considerados essenciais e resguardadas as atividades públicas e privadas, até o dia 15 de abril. A expectativa é que a nova publicação coloque menos restrições e possibilite abertura. Se depender da Administração Municipal, em especial do prefeito Valdir Fabris, os comerciantes estarão atendendo a clientela, seguindo as orientações e protocolos de saúde, a partir da quinta-feira, dia 16. Porém, a liberação para o funcionamento não depende apenas do Chefe do Executivo Municipal.
“Entendo o que estão passando os empresários dos estabelecimentos comerciais. A medida restritiva de manter o comércio fechado por parte do Governo Estadual e recomendada aos Municípios, através de Decreto, foi muito dura. Por que? Porque a indústria, dentro das exigências dos protocolos de saúde, foi autorizada a funcionar, assim como outros segmentos. A comunidade está dando a sua contribuição no pedido para o isolamento social e respeito às normas. A prova é que não temos casos em Guaporé”, destacou.
Fabris afirmou ainda:
“Sabemos da responsabilidade que tenho como prefeito. O meu objetivo é zelar pela saúde da população. Se a comunidade está colaborando, eu não vejo problemas em abrir o comércio. Estou ao lado dos comerciantes e dos guaporenses. Se depender do Poder Público e do prefeito as portas estarão abertas a partir de quinta-feira, dia 16. O importante é acharmos um ponto de equilíbrio entre saúde e economia. Assim daremos um passo muito grande para a recuperação dos setores que ainda estão impossibilitados de atuarem”.
Segundo Fabris, as perdas econômicas do varejo guaporense estão sendo calculadas e não há como estimar com exatidão neste momento.

Fonte: Rádio Aurora 107.1 FM

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.