GeralNotícias

GUAPORÉ | Secretarias de Agricultura e Obras realizam manutenções constantes nas estradas vicinais

0
Tempo de leitura: 1 minuto
Com uma população estimada em duas mil pessoas e 600 famílias, a zona rural de Guaporé é rica na diversidade da produção primária. Para o escoamento de tudo o que é produzido, como as culturas do milho, soja, uva, erva-mate, hortifrutigranjeiros e outras, bem como, o transporte de frangos, suínos e alimentação para os animais, o interior conta com quase 600 quilômetros de estradas vicinais. Manter em dia, proporcionar um escoamento rápido e oferecer segurança exige muito trabalho, dedicação e, principalmente, um cronograma de atividades.
A Administração Municipal, através da secretaria de Agricultura, com apoio da equipe de Obras e Viação, tem buscado melhorar as famosas estradas de chão. Manutenções diárias como o patrolamento, alargamento e ensaibramento estão sendo realizadas.
“São cerca de 600 quilômetros sob nossa responsabilidade e não é fácil mantê-los em perfeitas condições de trafegabilidade. Seguimos um cronograma de atendimento por comunidades, porém, em vários trechos, com mais trânsito de veículos, efetuamos o trabalho seguidamente. Mas, nossa equipe, com apoio dos funcionários do Parque de Máquinas (Secretaria de Obras), está comprometida e não tem deixado de atender os pedidos dos agricultores”, disse o secretário Edelvan Balbinotti.
Equipamentos rodoviários como carregadeiras, retroescavadeiras, rolo compactador, caminhões caçamba, motoniveladoras e escavadeiras hidráulicas estão sempre nos trechos e são despachados conforme o planejamento diário.
“Nem sempre conseguimos seguir o cronograma. As condições climáticas nos obrigam, em diversas vezes, a deslocar as máquinas urgentemente para efetuar melhorias”, afirmou.
Balbinotti apresentou ao prefeito Valdir Carlos Fabris e demais integrantes da equipe de Governo, um novo programa para o monitoramento de estradas e acessos internos para escoamento da produção. O intuito é melhorar o atendimento em tempo hábil, visando acelerar os serviços.
“Estamos propondo o agendamento por área de produção (região e safra). Vai facilitar a logística e melhorar o atendimento para os produtores. Também é evitar despesas desnecessárias com o maquinário se deslocando de um ponto ao outro, além de antecipar o serviço de melhorias das estradas. Na hora de escoar, estas estarão em condições e seguras”.
Além das atividades de manutenção das estradas vicinais, abertura dos acessos, escavos e terraplanagem, a secretaria de Agricultura, conforme Balbinotti, desenvolve programas de incentivo ao produtor rural, em parceria com entidades ligadas ao setor primário, visando sempre o desenvolvimento, o crescimento econômico e propiciar melhores condições de vida às famílias que permanecem no campo.
Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Andressa de Oliveira

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em abril

Artigo anterior

FONTOURA XAVIER | Em sessão ordinária, vereadores apreciam quatro projetos

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral