GeralNotícias

GUAPORÉ | Vereadores aprovam repasses de recursos do Poder Executivo para o Consepro, Horta Comunitária e Lar da Criança

0
Tempo de leitura: 1 minuto
Em cerca de duas horas de atividades no plenário Roberto Baldasso os 11 representantes do povo, das bancadas do PP, PTB, PDT, MDB e PT, apreciaram de forma unânime na segunda-feira, dia 17 de maio, cinco projetos de Lei, todos encaminhados pelo Poder Executivo. Três deles beneficiam entidades que lidam diretamente com meninos e meninas de até 14 anos e com a área da segurança pública. Além destes, os legisladores apreciaram favoravelmente na 18ª sessão ordinária, presidida por Valcir Fanton (PP), o Pita, a contratação emergencial de engenheiro civil e a anistia integral da multa e dispensa de juros aos contribuintes.
O espaço da Tribuna do Povo, que seria ocupado pelo empresário Júlio Dall’Agnol, ficou vago. Com problemas de saúde, o jovem não pode comparecer para apresentar à comunidade a indústria de máscaras cirúrgicas descartáveis – Bioelegance. Dall’Agnol deverá comparecer em outra oportunidade.
“O espaço está à disposição do jovem empreendedor e de qualquer outro guaporense que desejar apresentar algo de relevante à comunidade. Em nome dos vereadores da Casa Legislativa, desejamos melhoras ao empresário”, disse Pita.
Os vereadores aproveitaram os trabalhos para apresentar requerimentos escritos e verbais para a Mesa Diretora, bem como, debater assuntos de interesse da população nas explicações pessoais e palavra dos líderes. O clima, diferente da atividade anterior, esteve mais amistoso entre os parlamentares de situação e oposição.
Projetos
Dos cinco projetos aprovados, quatro foram incluídos por acordo de lideranças após pedido do vereador Jonas Agosti (MDB), líder do Governo Fabris e Bastian na Casa Legislativa. Três deles são de celebração de termo de fomento com entidades. O 23/2021 autoriza o repasse de recursos do Poder Público para o Centro Ocupacional Bruno José Campos (Horta Comunitária) no valor de R$ 10 mil para o exercício de 2021. Para a Associação Beneficente São Carlos (Lar da Criança) será repassado, conforme o projeto 24/2021, a quantia de R$ 10 mil, de acordo com o Plano de Trabalho. As duas entidades juntas realizam atividades para mais de 200 meninos e meninas, respectivamente, que vivem em situação de vulnerabilidade social. O projeto 28/2021 celebra convênio com o Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (Consepro). Para auxiliar nas atividades das forças da segurança pública, o Município repassará para a entidade o valor de R$ 70 mil.
Além destes, foram aprovados os projetos 22/2021 que concede anistia integral da multa e dispensa dos juros aos contribuintes devedores da Fazenda Municipal e o 25/2021 que autoriza a contração temporária de excepcional interesse público para suprimento de função essencial. O objetivo é contratar um engenheiro civil por seis meses, podendo o prazo ser estendido por mais seis meses, em virtude da exoneração, a pedido, do servidor Luciano Pandolfi Hoffmann, no mês de março.
19ª sessão
Os vereadores voltam a se reunir em sessão ordinária no dia 24 de maio, às 19 horas, no plenário Roberto Baldasso. A atividade pode ser acompanhada pelos munícipes. É obrigatório o uso de máscara e a manutenção do distanciamento pessoal durante a permanência na Casa do Povo.
Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Andressa de Oliveira

SERAFINA CORRÊA | Modernização na iluminação pública é realidade

Artigo anterior

SOLEDADE | Ulisses Almeida – Serelepe recebe moção da Câmara de Vereadores

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral