GeralNotícias

Guaporense Cassiano Contarin é um dos voluntários de vacina contra a Covid-19

0
Tempo de leitura: 1 minuto

A notícia que todos aguardam pode levar mais alguns meses para ser divulgada pela imprensa. Mas enquanto isso, milhares e milhares de pessoas estão se voluntariando para ajudar cientistas na busca por uma vacina eficaz contra a Covid-19.
Um desses voluntários é o dentista guaporense Cassiano Contarin, que no último sábado, dia 27 de setembro, participou do estudo da vacina da empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.
O Hospital São Lucas da PUC de Porto Alegre, é um dos 12 grandes centros que estão participando e Cassiano conta um pouco dessa história.


“Me inscrevi de forma voluntária há um mês e na semana passada abriu vaga para profissionais da saúde, linha de frente e que já tiveram o diagnóstico de Covid-19. Eu tive histórico de viagem entre fevereiro e março e realizei o exame no laboratório privado assim que ficou disponível no município. Não tive sintomas e meu resultado foi de IGG positivo, ou seja, só tinha os anticorpos, não estava transmitindo a doença. Na época foi um grande susto, mas agora esse diagnóstico me possibilitou ser um voluntário neste capítulo tão importante da nossa história, a conquista da nossa liberdade após a descoberta de uma vacina eficaz”, diz ele.
No dia da aplicação da vacina em teste, Cassiano passou por uma série de procedimentos.
“Quando cheguei no Hospital São Lucas, me chamaram para uma entrevista e avaliação médica. Todo histórico médico, se tinha doenças crônicas, se fiz vacina nos últimos 30 dias, entre outros. Em seguida, fui para a sala de verificação de pressão arterial, temperatura corpórea, saturação e em seguida a coleta de exames de sangue. Após este passo, houve a coleta do RT PCR, o famoso exame do cotonete no nariz. Este passo só aconteceu na primeira visita. Próxima etapa, recebi a injeção no braço direito, no músculo Deltoide. Aí vem a parte do estudo chamado Duplo Cego, onde nem a enfermeira que aplicou e nem eu sabemos se foi a vacina ou um placebo, substância a base de Hidróxido de Alumínio”.
Cassiano monitorou possíveis reações e agora terá uma série de etapas pela frente dentro do estudo científico.
“Após a injeção, fui instruído sobre as possíveis reações, como e onde relatar isso. Recebi um diário e um termômetro digital, junto com um guia. Terei que relatar nos próximos 14 dias tudo que perceber de diferente, caroço, dor, vermelhidão, náusea, vômito, entre outros, inclusive temperatura corporal. Após isso, acompanhamento em 13, 26, 39 e 52 semanas após a primeira injeção, todas com coleta de sangue”, conta.
O profissional da saúde de Guaporé, leva também a coragem e a bandeira da esperança, representando cada cidadão que está a espera da vacina, que após todos os processos possa ser liberada pela ANVISA para aplicação em toda a população.
“Em um momento de pandemia, levar um pouco de esperança pra dentro das casas das pessoas é gratificante! Estamos bem otimistas com o estudo. Pode ser que não seja a primeira vacina a ser lançada no Brasil, por ser um longo período de estudo, mas devemos acreditar que sempre há esperança!”, finaliza.

Sandra Meotti

Três personalidades são homenageadas com nomes de vias urbanas em loteamentos de Guaporé

Artigo anterior

Arvorezinha: Vice-Presidente e Diretores da ACISAR/CDL estiveram no escritório do Superintendente do Daer

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral