Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Guaporense é um dos coordenadores na produção de protetores faciais em universidade francesa

Mestre em Engenharia de Minas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e Doutor em Engenharia de Materiais pela Universidade L'École des Mines d'Alès, na França

119Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Mestre em Engenharia de Minas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e Doutor em Engenharia de Materiais pela Universidade L’École des Mines d’Alès, na França, Marcos Batistella, 43 anos, natural de Guaporé, é um dos pesquisadores do laboratório C2MA que está mobilizado e colaborando com as autoridades e profissionais de saúde francesas no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). É em Alès, comuna no Departamento de Gard na região de Occitanie, no sul do País, que o guaporense está liderando uma equipe que realiza a impressão em 3D de protetores faciais, as chamadas viseiras.
Produzindo a partir de protocolos desenvolvidos por funcionários da fábrica da Renault, em Valladolid na Espanha, e disponibilizados para os profissionais, as viseiras estão sendo confeccionadas nas máquinas FDM (deposição de material fundido) e SLS (sinterização seletiva a laser). São centenas por dia e todas são fornecidas gratuitamente pela L’École des Mines d’Alès para todos os representantes das estruturas públicas, em especial para os profissionais da área da saúde, como médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, entre outros, que estão na linha de frente de combate à pandemia da Covid-19.
“Tudo aconteceu rapidamente. A partir do momento em que o confinamento foi anunciado pelo Governo e que começaram a faltar materiais médicos houve uma grande mobilização para impressão 3D. Na L’École des Mines d’Alès temos um laboratório de pesquisas e impressão 3D com diversos equipamentos e, olhando para as necessidades da região, começamos a produzir e distribuir as viseiras”, destacou.
O material plástico utilizado para a confecção das viseiras é, em sua grande maioria, fornecido pela L’École des Mines d’Alès, que é uma Escola Pública de Engenheiros. Como a quantidade para a produção em larga escala é significativa, empresários da região estão, a pedido da equipe do laboratório, fornecendo o insumo de forma gratuita ou com custo reduzido.
“Produzimos, através dos equipamentos 3D disponíveis no laboratório, cerca de 50 peças por dia. Porém, passamos a contar com um novo processo de fabricação e a capacidade foi ampliada. A injeção por moldagem está nos permitindo confeccionar até 500 peças por dia para suprir a alta demanda”, disse Batistella.
No futuro, segundo o guaporense, as viseiras faciais serão distribuídas para colaboradores de lugares onde há contato direto com o público, como por exemplo, atendentes de supermercados.

Rotina
A situação na França é preocupante quanto à Covid-19. Conforme o Ministério da Saúde, são cerca de 130 mil casos confirmados e 23,6 mil mortes. Batistella salientou que as leis são rígidas e a rotina mudou muito.
“As pessoas têm direito a sair das suas residências somente com atestados. Podemos sair para trabalhar somente se não há possibilidade de home working (tele trabalho). Há possiblidade de fazer as compras de produtos de primeira necessidade e fazer exercícios no máximo uma hora. Quem for pego sem o atestado é punido com multa de 140 euros”, destacou.

Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.