GeralNotícias

ILÓPOLIS |”Conscientização é o caminho para a vacinação”, diz secretária de Saúde

0
Tempo de leitura: 1 minuto

ALE DO TAQUARI | Desde o anúncio da vacina, municípios têm se mobilizado para conscientizar e imunizar a população. As secretarias dependem do envio das doses por parte do Ministério da Saúde e, depois, o encaminhamento do Governo do Estado às Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS). Por isso, os profissionais que trabalham diretamente no combate à pandemia comemoram as novas remessas e buscam formas de organizar a vacinação.

O Rio Grande do Sul ultrapassou, ontem, a marca de 1 milhão de doses da vacina aplicadas. Entre os municípios do Vale do Taquari (confira tabela), Ilópolis e Poço das Antas se destacam. A primeira cidade já vacinou 11,46% da população com a primeira dose e 5,40% com a segunda. Poço das Antas, por sua vez, já aplicou 90% das doses recebidas. Os dados têm como base informações disponibilizadas pelo Governo do RS até as 12h30min desta segunda-feira.

Ação conjunta

Secretária de Saúde de Ilópolis, Ana Maria Capra Eckert, explica que a pasta mantém um pré-cadastro e que há uma mobilização, junto com as agentes de saúde, para a realização da vacinação. Conforme Ana, quando o município fica sabendo de uma remessa e do número de vacinas que serão recebidas, as agentes iniciam o contato com os moradores e começam a agendar dia e horário para a aplicação da dose.

No caso dos acamados, ressalta que profissionais da pasta foram até as residências. “Agora, os munícipes vêm a pé ou de carro e param na frente da Unidade de Saúde, e uma enfermeira ou técnica está à espera para fazer a vacina”, ressalta.
Ana explica que assim que uma remessa chega a Ilópolis a secretaria se mobiliza. A vacinação é feita conforme os protocolos do Ministério da Saúde, respeitando a determinação de faixas etárias e grupos prioritários. “Seguimos rigorosamente o que o Ministério determinou e logo após a aplicação da dose lançamos as informações no sistema”, frisa.

Nesta terça-feira, profissionais da saúde de Ilópolis irão retirar novas doses na 16ª Coordenadoria Regional de Saúde, em Lajeado. Segundo a secretária, o mapeamento já está pronto e cada agente já sabe quem deve avisar. Para ela, a vacinação é de extrema importância e o município seguirá realizando a imunização sempre que houver novas doses. “A conscientização é o caminho para a vacinação”, argumenta.


Ana Maria Eckert, Secretária da Saúde Ilópolis – Arquivo pessoal/Divulgação

Município Doses destinadas % aplicada 1ª dose 2ª dose % 1ª dose % 2ª dose
Anta Gorda 890 70,60% 481 147 8,01% 2,44%
Arroio do Meio 2716 87,60% 1881 499 9,11% 2,41%
Arvorezinha 1256 89,20% 887 233 8,50% 2,23%
Bom Retiro do Sul 1336 83,20% 835 277 6,80% 2,25%
Boqueirão do Leão 682 70,80% 377 106 4,87% 1,37%
Canudos do Vale 250 69,20% 126 47 7,28% 2,71%
Capitão 350 77,10% 188 82 6,83% 2,98%
Colinas 490 58,60% 208 79 8,51% 3,23%
Coqueiro Baixo 320 71,30% 173 55 11,47% 3,64%
Cruzeiro do Sul 1852 59,90% 869 240 7,07% 1,95%
Dois Lajeados 634 78,10% 390 105 11,49% 3,09%
Doutor Ricardo 320 84,10% 193 76 9,67% 3,81%
Encantado 3234 69,70% 1711 542 7,59% 2,40%
Estrela 4628 83,60% 2799 1068 8,27% 3,15%
Fazenda Vilanova 380 75,00% 210 75 4,71% 1,68%
Forquetinha 420 60,20% 196 57 8,08% 2,35%
Ilópolis 802 86,00% 469 221 11,46% 5,40%
Imigrante 520 69,40% 266 95 8,53% 3,04%
Itapuca 280 77,90% 154 64 7,24% 3,01%
Lajeado 10566 76,60% 5878 2220 7,08% 2,67%
Marques de Souza 690 73,20% 384 121 9,54% 3,00%
Muçum 1014 80,00% 590 221 11,92% 4,46%
Nova Bréscia 612 91,30% 428 131 12,88% 3,94%
Paverama 1100 69,20% 549 212 6,49% 2,50%
Poço das Antas 330 90,00% 227 70 10,84% 3,34%
Pouso Novo 250 77,60% 136 58 8,15% 3,47%
Progresso 788 92,40% 556 172 8,89% 2,75%
Putinga 620 74,80% 336 128 8,50% 3,23%
Relvado 440 76,80% 254 84 12,08% 3,99%
Roca Sales 1540 58,80% 610 295 5,39% 2,61%
Santa Clara do Sul 970 80,10% 528 249 8,09% 3,81%
Sério 300 76,30% 168 61 8,40% 3,05%
Tabaí 470 83,60% 310 83 6,64% 1,77%
Taquari 4140 80,50% 2385 949 8,88% 3,53%
Teutônia 3556 70,40% 1859 644 5,68% 1,97%
Travesseiro 430 67,40% 229 61 9,79% 2,60%
Vespasiano Corrêa 360 83,10% 228 71 12,42% 3,86%
Westfália 410 76,60% 228 86 7,60% 2,86%


Engajamento

Para a prefeita de Poço das Antas, Vânia Brackmann, os números mostram o engajamento e preocupação dos moradores. Ela explica que a Saúde tem um protocolo para avisar os grupos e que segue desde o início do processo. De acordo com Vânia, profissionais da Saúde ligam e conversam com a pessoa que será vacinada ou algum familiar. “O intuito é explicar como funciona, buscando fazer um trabalho de conscientização sobre a importância da vacina contra a Covid”, salienta.

Em cima dessas ligações e do retorno da população, a secretaria de Saúde faz o agendamento para que o morador vá até o Posto de Saúde e receba sua dose. “Até o momento, apenas duas pessoas não quiseram ser vacinas. No mais, toda a população tem atendido o apelo e feito a imunização”, ressalta. Para a prefeita, o segredo para obter mais participação da comunidade é fazer o contato, ter uma conversa calma e próxima, verbalizando o quanto a ação pode ajudar o coletivo.

Novas remessas

No sábado, 20, o Rio Grande do Sul recebeu novas remessas de vacinas contra a Covid-19. São 285.800 doses da CoronaVac e 36.250 da Oxford/AstraZeneca. A previsão é de que as doses cheguem até o final da manhã desta terça-feira nas Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS).

FONTE: O Informativo

Andressa de Oliveira

DOUTOR RICARDO | Novo empreendimento entra em funcionamento

Artigo anterior

DOIS LAJEADOS | Município informa que as viagens para fora deverão ser agendadas com, no mínimo, 2 dias de antecedência

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral