AgronegóciosDestaqueNotícias

ILÓPOLIS | Governador participa da abertura da colheita da erva-mate

0
Governador desgalhou uma das árvores de erva-mate simbolizando o início da colheita
Tempo de leitura: 1 minuto

O governador Eduardo Leite participou, na tarde desta segunda-feira (24/5), da primeira edição da Abertura Oficial da Colheita da Erva-Mate do Rio Grande do Sul, realizada no município de Ilópolis, no Vale do Taquari.

O evento ocorreu na propriedade rural da família Camilotti-Carlesso. Devido às restrições impostas pela pandemia de coronavírus, houve transmissão ao vivo pelas redes sociais da prefeitura do município.

“A roda de chimarrão é a rede social preferida dos gaúchos. Reúne pessoas e é sempre uma desculpa para boas conversas. Temos muito orgulho dessa cultura de compartilhamento. Celebramos, mais que o símbolo, a capacidade empreendedora e a vocação para o turismo do povo gaúcho. O Vale do Taquari tem uma vocação latente e está se transformando, por conta da articulação da comunidade local, por meio da identificação da riqueza natural e das obras que são feitas na região, em um verdadeiro polo turístico. E, por conta disso, vão receber apoio do governo do Estado no que diz respeito a obras de infraestrutura, para que a região possa estar cada vez mais no radar dos turistas”, destacou o governador.

A festa da colheita da erva-mate integra, desde 2019, o calendário oficial do Estado, a partir de lei sancionada no mesmo ano. A Lei 81/2017 é de autoria dos deputados estaduais Elton Weber e Vilmar Zanchin, do deputado federal Ronaldo Santini, atual secretário de Turismo, e dos ex-deputados Juliano Roso e Missionário Volnei.

“Meu papel como secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural é ouvir e apoiar as demandas da cadeia produtiva da erva-mate, além de articular e de ter atitude dentro da secretaria. As famílias que tiram seu sustento inteiramente dessa terra e desta planta falam por mim. Tudo vale a pena quando sonhamos como os pais sonharam. O chimarrão une, abraça, dialoga”, destacou a secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti.

No Rio Grande do Sul, a produção de erva-mate está concentrada em cinco grandes regiões, conhecidas como polos ervateiros: Missões Celeiro, Alto Uruguai, Nordeste Gaúcho, Alto Taquari e Região dos Vales. A abrangência territorial é distribuída em 205 municípios do Estado, majoritariamente na metade norte.

A produção no Estado alcança em torno de 280 mil toneladas de folha por ano, em uma área de 31 mil hectares. De acordo com o Sindicato da Indústria do Mate (Sindimate/RS), há 250 indústrias focadas no segmento, além de cerca de 14 mil propriedades especializadas na produção da folha.

Leite também reforçou o compromisso do governo em investir em obras de infraestrutura na região. Nos próximos dias, o Estado deve anunciar a ampliação de investimentos na área. O planejamento inclui a reforma da ERS-332, rodovia que vai de Arvorezinha, no Vale do Taquari, passa por Soledade, Espumoso, Lagoa dos Três Cantos e termina em Não-Me-Toque, e a pavimentação do acesso asfáltico entre Santa Tereza e Muçum, ligando o Vale do Taquari ao Vale dos Vinhedos, na Serra.

Também participaram do evento o presidente do Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate), Alberto Tomelero, o prefeito de Ilópolis, Edmar Pedro Rovadoschi, os secretários Ronaldo Santini (Turismo), Luiz Carlos Busato (Articulação e Apoio aos Municípios), Danrlei de Deus (Esporte e Lazer) e Juvir Costella (Logística e Transportes), o deputado federal Alceu Moreira, deputados estaduais e prefeitos.

Gemerson Rogerio Santos

PUTINGA | Prefeito participa de eventos com autoridades estaduais

Artigo anterior

ARVOREZINHA | Leite participa de lançamento de livro sobre imigração italiana no RS

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.