Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Juíza publica Ordem de Serviço para agilizar processos na Comarca de Encantado

Visando otimizar o trabalho e dar maior agilidade ao andamento processual no período de suspensão do expediente forense decorrente da pandemia mundial da COVID-19

125Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Visando otimizar o trabalho e dar maior agilidade ao andamento processual no período de suspensão do expediente forense decorrente da pandemia mundial da COVID-19 a Juíza da Vara das Execuções Criminais de Encantado Jacqueline Bervian editou na segunda-feira, 20, uma Ordem de Serviço (01/2020/1ª Vara Judicial).

A medida considerou a grande quantidade de processos físicos que ainda tramitam junto a Primeira Vara Judicial, além de Ofício-Circular da Controladoria Geral de Justiça, que autoriza a digitalização dos autos físicos dos processos pelo Procurador cadastrado.

A magistrada observou que a adesão é voluntária, mas lembrou aos advogados que a tramitação eletrônica permitirá maior agilidade no atendimento das demandas.

As orientações do Tribunal de Justiça do Estado acerca do Sistema de Atendimento Diferenciado de Urgência, em razão do risco de propagação do novo Coronavírus (COVID-19) estão sendo atualizadas diariamente no Índice de Recomendações disponibilizado no link: https://qrgo.page.link/F7Q2Q

Sobre a prevenção e combate ao novo Coronavírus (COVID-19) o Tribunal de Justiça do Estado publicou recentemente, por meio do Presidente Voltaire de Lima Moraes, uma Resolução determinando que deve ser evitado o fluxo do público em geral nos prédios do Poder Judiciário, salvo os Advogados, Defensores Públicos e membros do Ministério Público e aqueles que participarão de atos judiciais ou comprovarem a necessidade de ingresso.

Veja a Ordem de Serviço 01/2020 editada pela Dra. Jacqueline Bervian

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.