Portal de Notícias Correio do Mate
Blogs e Colunas

Li uma reportagem sobre o Instagram ser a pior rede social para a cabeça dos jovens

131Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Li uma reportagem sobre o Instagram ser a pior rede social para a cabeça dos jovens, o que não me admira. A matéria resumia como “a vida incrível dos outros” pode fazer um estrago na nossa cabeça. Mas quem afinal só registraria em seus álbuns de fotografia os piores momentos de sua vida?
Penso que sim, há muita vida de mentira tentando ser vendida como verdade. Mas essa falsa vida só faz mal para quem a vive. Ou não vive, né. Se o que você posta for verdadeiro e te fizer bem, ok.
Tem gente que ama comida e registra comida. Gente que ama animais e posta sobre animais. Gente que adora um vuco-vuco político, e só posta política. Tem gente que passa o dia brigando por causa da pandemia e outros que amam postar fakenews. 😥
Mais do que postar o que você gosta, fuja daquilo que você não gosta e te faz mal.
Um ser onipresente chamado “Google” identifica aquilo que clicamos, pesquisamos, buscamos e acaba encaminhando essas preferências nos comerciais, por email, no feed do facebook, do instagram, e se bobear, você está dormindo, olha pro lado e tem um produto que você pesquisou no Google te olhando.
Só que por mais estranho que pareça, temos a mania de “clicar” naquilo que nos irrita.
Identifique essa armadilha. Exclua perfis que te incomodem e tirem tua paz. Não pesquise temas que te aborreçam. Não “espie” aquilo que te rouba a paz de espírito.
Clique no que te deixa feliz, no que torna teu dia mais agradável, nas pessoas que te fazem bem.
Aos poucos você vai perceber uma “limpa” no conteúdo que você consome todos os dias, muitas vezes sem perceber, e sentirá que a rede social te faz bem, ao invés de te fazer mal.

Portal de Notícias Correio do Mate
Gemerson Rogerio Santos

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.