Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Menino de 11 anos vende latinhas e doa R$ 21,45 ao hospital de Antônio Prado

Em meio a pandemia de coronavírus, o garoto Leonardo Cambruzzi, de 11 anos, morador de Antônio Prado, decidiu agir

154Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Em meio a pandemia de coronavírus, o garoto Leonardo Cambruzzi, de 11 anos, morador de Antônio Prado, decidiu agir. Ele passou dias juntando latinhas de alumínio e as vendeu. Com o dinheiro arrecadado, um total de R$ 21,45, ele foi até o Hospital São José, única instituição de saúde da cidade e doou o valor para auxiliar na compra de respiradores que possam ajudar no combate a doença na cidade.

Léo, como é conhecido na cidade, disse que ficou com vergonha de doar tão pouco, mas que sabia que aquele valor poderia ajudar.

“Eu queria dar muito mais. Fiquei com vergonha de ir, mas a minha mãe sempre esteve do meu lado. Fico feliz de ajudar. Quero agradecer a todos que me deram latinhas, porque eles ajudaram também”, disse.

O Hospital São José conta hoje com quatro respiradores. Há outros dois ventiladores em manutenção, com previsão de 30 dias para estarem instalados novamente. Além disso, outros dois já foram comprados e se aguarda a entrega por parte do fornecedor.

A família de Léo é formada por ele, pela mãe, Zuleide Cambruzzi, o pai, Adair Maziero e também pelos irmãos, Rafael, de 13 anos e Eduardo, de 4 anos. A família conta como renda familiar o auxilio do Bolsa Família, com um total de R$ 212,00 por mês e com o Benefício de Prestação Continuada à Pessoa com Deficiência, de um salário minimo.

Através da Defensoria Pública, eles foram informados que irão ganhar uma nova moradia com o apoio da prefeitura de Antônio Prado. Hoje, eles vivem uma casa pequena, em Linha Scavuzzi. A casa tem energia elétrica em apenas um dos cômodos além de muitas frestas e buracos.

Rádio Ativa – Nova Prata

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.