Notícias

MUÇUM | Rodolfo Pavi será o novo secretário da Agricultura

0
Tempo de leitura: 1 minuto
A Administração Municipal está promovendo uma adequação em seu quadro de secretários. No dia 1º de julho, o até então coordenador do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), Rodolfo Pavi, passa a responder pela Secretaria da Agricultura. Lauro Fronchetti, que preside a Obras e Agricultura, comandará apenas a pasta de Obras.
Pavi, que tem 27 anos, é bacharel e licenciado em Educação Física. Ele possui a experiência de oito anos atuando como secretário administrativo da Emater/RS – Ascar de Muçum, entre 2013 e 2021. O titular, observa o desafio como do tamanho da importância que tem o setor de agricultura para o desenvolvimento do município. “Tenho acompanhado o crescimento agrícola de Muçum e planejo trabalhar junto ao agricultor, ouvindo demandas, buscando caminhos que facilitem o progresso de cada propriedade”, projeta.
A mudança, conforme a Administração Municipal ocorre ao mesmo tempo em que várias obras começam a sair do papel no município. O prefeito, Mateus Trojan, conta que um dos motivos para o novo quadro, está no momento em que é necessário um acompanhamento mais presente em cada uma das execuções. “Buscamos um atendimento aproximado com o agricultor e temos a ideia de buscarmos mecanismos e programas que impulsionem ainda mais o setor primário. Tenho certeza que o Rodolfo, com sua experiência na Emater, entregará resultados satisfatórios. E o Lauro, igualmente, fará bom trabalho dedicando-se exclusivamente ao setor de obras” confia.
📷 @luisbettinelli
Andressa de Oliveira

Sicredi proporciona Curso de Formação para Coordenadores de Núcleo

Artigo anterior

MUÇUM | Reunião com proprietários de barracas dá seguimento a organização da Semana Farroupilha 2022

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.