NotíciasPolícia

Mulher que tentou matar a filha ao provocar acidente é condenada a 19 anos de cadeia

0
Tempo de leitura: 1 minuto

mulher que tentou matar a filha, de apenas dois anos, e também tirar a própria vida ao provocar um acidente na BR 386, em Lajeado, em maio deste ano, foi condenada a 19 anos de prisão em regime fechado. A sentença foi dada pela juíza responsável, Carmen Luiza Rosa Constante, após sete jurados julgarem Ana Alice Albaneze Gregório, de 34 anos, culpada. O caso foi julgado no Fórum da Comarca de Lajeado, cidade onde ela residia e ocorreu o fato. A mulher foi condenada por tentativa de homicídio da filha e de demais envolvidos no acidente, já que tudo foi proposital.

No julgamento a acusação buscava a condenação diante da tentativa de homicídio e a defesa da mulher sustentava que tudo aconteceu por abuso psicológico que ela sofria com o ex-companheiro, o que não foi aceito pelos jurados.

As primeiras testemunhas ouvidas foram a mãe da acusada, uma vizinha  e a irmã do ex-companheiro. Todas relataram casos sobre a relação conturbada do casal, que tinha muitos problemas de relacionamento. Em depoimento, a acusada afirmou que pretendia cometer suicídio no dia do acidente, e levou a filha junto por entender que a família do ex-companheiro não teria condições de cuidar da criança. Após o julgamento a acusada retornou ao Presídio Madre Pelletier, em Porto Alegre.

O caso:

No dia 17 de maio, a mulher conduzia um Uno, no sentido capital/interior da BR-386, quando bateu de frente em uma carreta, com placas de Anta Gorda em Lajeado-RS. A mulher ficou presa nas ferragens. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros de Lajeado e encaminhada ao Hospital Bruno Born. A criança estava na cadeirinha e nada sofreu.
Investigações da Polícia Civil apontaram que a mulher cometeu o ato, pois queria se vingar do ex-marido, pai da criança. Na ocasião, a delegada da 19ª Delegacia de Polícia Regional de Lajeado, Shana Luft Hart, afirmou que  pouco antes do acidente, um vídeo chamou atenção nas redes sociais, onde a mulher estava dentro do carro com a filha no banco de trás.

De acordo com Shana, o motivo do acidente seria uma vingança, já que a mulher teria descoberto relação de seu ex-companheiro com outra pessoa e prometeu que “iria causar a mesma dor que ele causou nela”. Ela teria avisado a mãe dele de sua decisão.

 

Fonte: Rádio Uirapuru

Andressa de Oliveira

Brasil já aplicou mais de 300 milhões de doses de vacinas contra covid

Artigo anterior

GUAPORÉ | Polícia Civil recupera celular roubado durante assalto a loja de roupas e calçados do município

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.