Portal de Notícias Correio do Mate
GeralNotícias

Iniciativa da Univates para confecção de jalecos busca costureiras voluntárias

É estimada a confecção de 7 mil peças; 2,3 mil já foram doadas

132Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Com o objetivo de contribuir com o trabalho de profissionais da saúde, que estão na linha de frente no combate do Coronavírus, estudantes e diplomadas do curso de Design de Moda da Universidade do Vale do Taquari – Univates estão confeccionando jalecos de TNT. Desde março, já foram confeccionadas cerca de 2.300 peças, que foram distribuídas para profissionais da saúde da Prefeitura Municipal de Lajeado e de unidades de saúde do município.

 

Estima-se que durante o período de combate ao Covid-19, sejam necessárias mais de 7 mil peças. Para agilizar a entrega de um maior número de jalecos, profissionais da costura residentes em municípios do Vale do Taquari poderão auxiliar na confecção das peças. Será possível ajudar com corte ou costura. Para a segunda opção não é necessário que o voluntário tenha um maquinário profissional.

 

“Temos também uma empresa de confecção que está auxiliando com alguns cortes. Como o corte é mais demorado, o apoio de empresas acaba agilizando o processo, pois com maquinário específico conseguem cortar uma grande quantidade em pouco tempo”, explica a coordenadora do curso de Design de Moda, Josiane da Costa. Conforme Josiane, está sendo organizada, junto a Univates, a logística para a entrega desses materiais para quem se voluntariar. “Todos os cuidados serão tomados para que o material seja entregue e, posteriormente, recolhido de forma segura”, completa a professora. Interessados em auxiliar na confecção dos jalecos devem entrar em contato pelo e-mail design-moda@univates.br.

Texto: Leonardo Seibel

Foto: Josiane da Costa

Assessoria de Imprensa 
Setor de Marketing e Comunicação – Univates
Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.