Notícias

Paulo Salerno assume presidência da Famurs

0
Tempo de leitura: 1 minuto

O segundo dia da 40ª edição do Congresso de Municípios do Rio Grande do Sul promovido pela Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) que acontece até hoje foi marcada pela posse do novo presidente da entidade e prefeito anfitrião, Paulo Salerno (MDB).

Sob o tema “Conectar os municípios com o amanhã”, a cerimônia de posse contou com presença de prefeitos e autoridades, entre elas o governador Ranolfo Vieira Júnior. “Em nossa gestão queremos dar ênfase à inovação, a geração de oportunidades, adaptar os municípios às mudanças que estão acontecendo em nossa economia, qualificar a educação, além de proporcionar um diálogo permanente com o governo do Estado”, destaca o novo presidente.

Sobre o momento em que o Vale do Taquari em relação ao turismo, Salerno afirma que a entidade será parceira. “Estamos atento ao turismo dessa região e a Famurs estará junto apoiando e levando ao debate as iniciativas como o Trem dos Vales e o Cristo Protetor que tanto tem atraído turistas. É uma pauta que interessa a todo o Estado”. O prefeito de Colinas e presidente da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat), Sandro Hermann, além de prefeitos da região participaram do evento.

O governador Ranolfo Vieira Júnior destacou a relação do Estado com os municípios. “Somos do diálogo, sempre ouvimos a necessidade de cada município e a maior prova disso são os convênios assinados com 493 municípios, destinando R$ 1,3 bilhões através do programa Avançar. Paulo Salerno assume o lugar de Eduardo Bonotto (PP), prefeito de São Borja. O evento se encerrou ao meio-dia dessa quarta-feira.

Texto: Alício de Assunção
turismo@independente.com.br

Andressa de Oliveira

Por falta de diesel, Argentina tem paralisação nacional de caminhoneiros

Artigo anterior

Comercialização de carbendazim está proibida a partir desta quarta-feira

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.