GeralNotícias

Paulo Ziulkoski é empossado como novo presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM)

0
Tempo de leitura: 1 minuto
Com homenagem às mais de 460 mil vítimas da Covid-19 e com reconhecimento à participação da mulher na política, o presidente de honra da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, formalizou seu retorno à presidência da entidade nesta segunda-feira, 31 de maio.
O presidente da Famurs, Maneco Hassen, passa a integrar a diretoria da CNM com um olhar especial para os desafios municipalistas do Rio Grande do Sul. “Será uma honra integrar a nova diretoria da Confederação Nacional de Municípios (CNM). É um momento muito delicado em que teremos que superar as dificuldades impostas pela pandemia com muito diálogo e responsabilidade. Estar na nova diretoria da CNM é a certeza de que vamos buscar soluções para resolvermos os problemas dos municípios do Rio Grande do Sul”, ressalta Maneco Hassen.
Em seu primeiro discurso, na nova gestão da CNM, Paulo Ziulkoski reforçou seu interesse em fazer um grande trabalho e, mesmo que não tenha pensado em retornar, disse sentir-se honrado em dar continuidade ao trabalho da entidade à frente do movimento municipalista nacional. Mencionando os nomes de alguns municipalistas, que ajudaram a construir o movimento e a estruturar a entidade, lembrou que “a CNM foi criada, justamente, porque não quis se ‘apelegar’ [ser capacho dos outros Entes]”.
Mais informações na capa do site da Famurs em famurs.com.br
Andressa de Oliveira

Receita recebeu 34,1 milhões de declarações em 2021

Artigo anterior

COQUEIRO BAIXO | Um dia que vai ficar na história

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral