Portal de Notícias Correio do Mate
Polícia

Prefeito exigia parte do salário dos servidores

A ação é referente a uma investigação contra crimes eleitorais e de administração pública

1.42KVisualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

A Policia Civil cumpriu, na manhã desta terça-feira (21), oito mandados de busca e apreensão na prefeitura de São Nicolau, no Noroeste do Rio Grande do Sul. A ação é referente a uma investigação contra crimes eleitorais e de administração pública.

Segundo o delegado Vinicios do Valle, parte dos salários dos servidores municipais era destinado aos agentes do executivo, especialmente ao prefeito, Ricardo Miguel Klein (PP). O esquema é conhecido como rachadinha.

A reportagem entrou em contato com o prefeito, e ele não quis se manifestar sobre o caso.

“Mandatários políticos locais, em especial o chefe do Poder Executivo, estariam exigindo ou solicitando valores para funcionários contratados, certo percentual dos salários, no sentido de patrocinar ou pagar campanha política, no sentido de enriquecimento ilícito por parte desses mandatários”, afirma o delegado.

De acordo com as investigações, os servidores trabalhavam na área da saúde e educação. A ordem era que os funcionários destinassem 5% dos salários, e era o próprio prefeito que passava nas secretarias cobrando os trabalhadores. A cobrança ocorria desde 2017.

A polícia cumpriu os mandados nos órgãos públicos e nas residências dos agentes do Poder Executivo.

“Os crimes praticados foram feitos no curso do mandato e em função do agente político. Nesse sentido, a investigação foi direcionada ao TRE/RS [Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul]”, acrescenta o delegado.

Segundo a ex-servidora da área da saúde que conversou com a reportagem, a cobrança ocorria nos oito primeiros dias do mês. A funcionária recebia um salário mínimo, R$ 998 e pagava R$ 45 para a chefe. “A gente fica chateada, né? Mas como eu precisava trabalhar. Pra mim, faz muita falta. Tem gente que faz muito mais falta ainda”, lamentou.

G1 RS

Portal de Notícias Correio do Mate
Gemerson Rogerio Santos

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.