Portal de Notícias Correio do Mate
DestaquePolítica

PUTINGA | Pela primeira vez em sua história, município deverá ter eleição suplementar

Advocacia de Cenci e Lima ainda aguarda decisão do TSE esperando por diplomação dos candidatos

285Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

O indeferimento da candidatura de Claudiomiro Cenci e Paulo Lima durante o pleito normal ocorrido no dia 15 de novembro, forçará a realização de uma eleição suplementar em Putinga, exatamente como ocorreu em Arvorezinha em 2017. No caso de Putinga, tanto Cenci quanto Lima estão aptos a disputar novamente as eleições, porém, realizando as devidas correções no processo eleitoral que lhes prejudicou no anterior, que foram problemas no processo da ata de registro do candidato à vice-prefeito.

Do outro lado, Diana Dalberto e Valdir Possebon também podem concorrer. No pleito de 15 de novembro, a dupla do PSD acabou derrotada por 101 votos, por isso, as eleições suplementares ocorrerão. Caso tivessem vencido, isso não ocorreria.

Diante desta situação, até que a eleição suplementar se defina, o ou a Presidente do Legislativo assume a prefeitura municipal. O PSD tem cinco vereadores, enquanto PP e MDB quatro. Seguindo o trâmite de que os vereadores do PSD elejam o Presidente, o partido de Diana e Possebon assume a prefeitura de forma interina.

A redação do Correio do Mate irá aguardar a definição do Legislativo para publicar como será o comportamento do prefeito ou prefeita interino(a)durante o processo que permanecerá até a eleição suplementar se definir em data ainda a ser anunciada pelo Justiça Eleitoral, assim como a data de posse dos eleitos.

Os advogados de Cenci e Lima ainda aguardam uma decisão do TSE sobre a diplomação dos então candidatos.  Ou seja, na opinião deles, uma decisão do TSE em prol de Cenci e Lima evitaria a eleição suplementar.

 

Portal de Notícias Correio do Mate
Gemerson Rogerio Santos

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.