Portal de Notícias Correio do Mate
Blogs e Colunas

Que ano é este?

Seca, pandemia, cheias, o que vêm agora?

235Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

Confesso que iniciei janeiro entusiasmado e certo de que teríamos um ano muito bom. Apesar da estiagem que vinha ocorrendo, ela ainda se estendeu e deu início ao processo de preocupação. Fontes de água secando, agricultores já acumulando prejuízos, enfim, a seca parecia estar sendo mais longo do que prevíamos. Mas ainda assim, a ideia era de um ano bom.

Aí fomos acometidos dos anúncios sobre a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), que estávamos acompanhando , mas é preciso dizer que ninguém esperava que o vírus chegasse ao Brasil e causasse o estrago que fez e está fazendo. Pois bem, 15 dias iniciais escondidos dentro de casa, comércios fechados, apenas essenciais para abastecimento de comida, remédios e combustíveis aberto e de metade de março para frente, é só o que se fala. Covid-19.

Desencontros políticos de toda a monta, queda de ministros, politicagem em torno da doença, indefinições entre os próprios profissionais da saúde, discordâncias com a Organização Mundial da Saúde, políticos com o discurso de salvar vidas, decretos de calamidade, e os gastos sem licitação, malandros aproveitando a pandemia para tirar vantagem e lucrar com a desgraça alheia, enfim, o que virou esse Brasil?

Não bastasse a malandragem política com as compras e contratações sem licitação por conta dos decretos da pandemia, chega o auxílio emergencial, e milhões de pessoas conseguem fazer o papelão da história. Os mesmos que ora criticam políticos por corrupção são os que pedem auxílio emergencial sem precisar do mesmo, apenas para gastá-lo com futilidades, enquanto muitos esperando para comprar comida.

Aqui no sul, especialmente Rio Grande do Sul e em nossa região, não bastasse tudo o que já estávamos passando, com caos na saúde por conta da pandemia, caos econômico, também por causa da pandemia e inicialmente a estiagem, chegou a chuva tão esperada, porém, além do necessário, e as enchentes deixam milhares sem comida, sem teto, sem roupas em pleno inverno, um desespero total para municípios que já tinham problemas demasiados.

Senhores, que ano é este? O tão esperado 2020, virou pesadelo e não vimos a hora dele passar, como todo ano temos, a esperança do um ano melhor e olha que ainda temos quase seis meses pela frente até que o 2020 termine e ainda teremos eleições municipais logo aí na frente para completar a folia. Que ano é esse senhores?

Mas de todo o sofrimento, sempre é preciso tirar alguma coisa de positivo no meio de tudo isso, e arrisco dizer que foi um ano especial para se praticar a solidariedade, um ano em que estender a mão ao próximo será praticado em sua máxima.

Um ano difícil para todos, mas também de aprendizados, de conhecer novas ferramentar e formas de conviver que mesmo depois da pandemia ainda será aplicado. 2020 será um ano para reflexão e tirar dele crescimento intelectual e espiritual. Fiquem bem!

Portal de Notícias Correio do Mate
Gemerson Rogerio Santos

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.