GeralNotícias

SERAFINA CORRÊA | Sargento Rinaldi deixa comando do 5º Pelotão da Brigada Militar

0
Tempo de leitura: 1 minuto
Atuando no comando do 5º Pelotão da Brigada Militar (BM), de Serafina Corrêa, e do Grupo de Polícia Militar (GPM), de Paraí, o 1º sargento Fernando Spada Rinaldi, despediu-se das comunidades no dia 20 de março. O policial militar, que estava há anos residindo em Paraí, foi transferido para o 3º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (3º BPAT), com sede em Bento Gonçalves. É lá que o Sgt. Rinaldi vai colaborar no combate à criminalidade.
A divulgação da sua transferência, que havia sido publicada no Diário Oficial Estadual (DOE) e posteriormente no Boletim de Movimentação de Praças, foi informada no release sobre as atividades desenvolvidas pelos policiais. No texto, o destaque:
“Por fim, informo ainda que no dia 20 de março de 2021, ocorreu a transferência do 1º Sgt. Rinaldi para o município de Bento Gonçalves aonde irá atuar junto ao efetivo do 3º Batalhão de Áreas Turísticas. Conforme o documento administrativo da BM, o ato ocorreu em razão de solicitação do próprio Militar Estadual e de comum acordo com o Major Luis Fernando Becker, Comandante da Brigada Militar (BM) de Bento Gonçalves, tudo dentro dos critérios técnicos do órgão de segurança pública”.
O comando do 5º Pelotão está temporariamente a cargo da Sgt. Marinês, lotada no 4º Pelotão da BM, com sede em Guaporé. Colabora com a graduada nas atividades, o Sgt. Menezes. Nos próximos dias o Comando Regional de Polícia Ostensiva da Serra (CRPO/Serra) deverá designar um policial com patente de Tenente para assumir efetivamente os comandos da BM de Serafina Corrêa e Paraí.
FONTE: Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Andressa de Oliveira

Governador sanciona lei que reconhece atividades físicas e de ensino como essenciais

Artigo anterior

SERAFINA CORRÊA | “O Leo Clube mesmo em meio a pandemia não para”, destaca o presidente do Leo Clube

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral