Notícias

SERAFINA CORRÊA | Servidores Municipais participaram de capacitação sobre a nova lei de licitações

0
Tempo de leitura: 1 minuto

O processo licitatório é a forma como a Administração Pública Municipal realiza as suas contratações, desde as grandes aquisições até as pequenas compras, obras e serviços. A Nova Lei das Licitações (Lei nº 14.133/2021), precisará ser adotada obrigatoriamente a partir de 01 de abril de 2023, por esse motivo os servidores da Prefeitura de Serafina Corrêa receberam um treinamento sobre a nova legislação.

O curso aconteceu na última sexta-feira (17/06), no Plenário Darcy Sobreira Socool, onde estiveram participando Secretários Municipais, servidores dos setores administrativos, setor de engenharia, controle interno, jurídico, compras e licitações.

O curso foi realizado através da DPM Educação, instituição de ensino que auxilia as prefeituras no aprimoramento das Administrações Municipais, sendo ministrado pela professora Bruna Polizelli Torossian, advogada, especialista em direto público, consultora técnica da área de licitações e contratos. Foram repassadas as alterações que a nova lei de licitação trouxe e implicarão nas contrações públicas, sendo elas através de processo licitatório, dispensa ou inexigibilidade.

A abertura do evento contou com a participação do Prefeito Valdir Bianchet, que destacou a importância desse momento de aprendizado para os servidores, sempre buscando um trabalho de qualidade para tornar os processos mais ágeis e eficientes.

Governo Municipal
Serafina Corrêa – Terra de oportunidades

Texto: Franciele Scritori
Fotos: Guilherme Baesso

Andressa de Oliveira

Necessidades nutricionais de uma criança. Quais são?

Artigo anterior

Afetado pela estiagem, PIB do RS cai 3,8% no primeiro trimestre de 2022

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.