GeralNotícias

Servidores do Estado utilizam aplicativo para acessar informações e serviços

0
Tempo de leitura: 1 minuto

Mais de 8,4 mil servidores ativos, inativos e pensionistas já utilizam o APP ServidorRS. Lançado há pouco mais de um mês, o aplicativo está disponível no Google Play ou por meio do link app.servidor.rs.gov.br. A expectativa é esteja disponível na Apple Store em breve.

Os serviços já implementados são contracheque, Informe de Rendimentos, Férias e Consignações. Das funcionalidades disponíveis, os serviços mais acessados foram sobre contracheque, onde podem ser consultados também recebimentos, descontos e informações de meses anteriores. Estão disponíveis ainda solicitação de férias (períodos disponíveis, marcação de período e consulta aos saldos de período aquisitivo) e consultas sobre Requisições de Pequeno Valor (RPVs).

Desde o mês passado, os servidores que têm o App recebem notícias sobre contracheques e calendário de pagamentos. Em breve, essas notificações serão feitas via “push”, mecanismo que permite envio e recebimento de mensagens. Servidores da Secretaria da Fazenda, Brigada Militar e pensionistas foram os que mais baixaram o aplicativo. No perfil dos usuários nesta fase, 41,4% têm educação superior e 21,2% Ensino Médio. Quanto à graduação, 7,4% são formados em Pedagogia e 6,5% em Direito.

Nas próximas fases, estão previstos serviços sobre consignações, licenças e solicitação de cartão Ipê Saúde. A ferramenta também irá disponibilizar um chatbot, ferramenta que irá permitir ao servidor esclarecer dúvidas.

“O App é a materialização e concretização de um desejo do Estado de se comunicar diretamente com seu servidor (ativo e inativo) e pensionista”, explica o auditor-fiscal e coordenador do Projeto no Tesouro do Estado, José Eduardo Brasil.

O desenvolvimento do aplicativo contou com a participação das secretarias da Fazenda, por meio do Tesouro do Estado, de Comunicação, de Planejamento, Governança e Gestão, do IPE Prev e Procergs, além da colaboração da Brigada Militar e da Secretaria da Educação.

A ideia é ampliar e qualificar a ferramenta com a participação dos servidores. Serão promovidos eventos e instituídas formas de participação para que possam ser definidas novas funcionalidades e ajustadas as atuais. Durante o desenvolvimento do aplicativo, uma equipe multidisciplinar buscou compreender as necessidades e desenhar novos processos e produtos.

“O App Servidor RS vai aos poucos ganhando força, tanto em quantidade de usuários como em serviços que buscam aumentar a comunicação entre o servidor e o governo. Agora inicia uma nova fase, na qual buscamos, com a participação do usuário, sugestões de melhorias e serviços”, explica Erni Wagner, analista de sistemas que gerenciou o projeto pela Procergs.

passo a passo app servidor

Texto: Cassiane Osório/Ascom Sefaz

Sandra Meotti

Ministra Damares Alves visita Guaporé e pede ajuda para o projeto “Abrace o Marajó”

Artigo anterior

Leite participa de lançamento da campanha Vote Consciente 2020, da OAB/RS

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Mais Geral