Portal de Notícias Correio do Mate
NotíciasPolícia

Sete criminosos mortos durante assalto a agências bancárias em Paraí

A Brigada Militar (BM), através dos policiais do 4º Batalhão de Polícia de Choque (4º BPChq/Caxias do Sul) e pertencentes a área do 3º Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (3º BPAT/Bento Gonçalves), interceptou na madrugada da sexta-feira, dia 6 de março, uma quadrilha que estava preparada para efetuar ataques simultâneos a duas agências bancárias na cidade de Paraí

855Visualizações
Portal de Notícias Correio do Mate

A Brigada Militar (BM), através dos policiais do 4º Batalhão de Polícia de Choque (4º BPChq/Caxias do Sul) e pertencentes a área do 3º Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (3º BPAT/Bento Gonçalves), interceptou na madrugada da sexta-feira, dia 6 de março, uma quadrilha que estava preparada para efetuar ataques simultâneos a duas agências bancárias na cidade de Paraí. Sete criminosos foram surpreendidos pela rápida e eficaz ação dos policiais durante o roubo. O bando encontrava-se dentro do Banco do Brasil e da Cooperativa Sicredi. Todos foram mortos após confronto. Uma intensa troca de tiros trouxe tensão ao município de 7,5 mil habitantes.
Por volta das 2h, a quadrilha, que estava sendo monitorada pelo setor de inteligência da BM, chegou em dois automóveis (Onix e Agile) na área central da cidade. Os criminosos dirigiram-se às duas instituições financeiras que ficam a cerca de 50 metros uma da outra na Av. Presidente Castelo Branco. Três deles foram ao BB, enquanto os demais no Sicredi. Enquanto instalavam os explosivos nos caixas eletrônicos, policiais militares cercaram as agências, posicionaram-se em pontos estratégicos e ordenaram que o bando se rendesse. Em vão. Os criminosos efetuaram disparos de arma de fogo em direção às guarnições. Um intenso confronto, com troca de tiros que durou cerca de 10 minutos, aconteceu.
Todos os bandidos foram mortos. Não há registro de policiais e moradores feridos durante a operação. Estabelecimentos comerciais e residências foram atingidas. Com a quadrilha, foram apreendidos dois veículos em situação de roubo, quatro espingardas calibre .12, pistolas, máscaras, miguelitos, toucas ninja, roupas parecidas com a da Polícia Civil (PC), entre outros objetos. A identidade dos criminosos ainda não foi revelada
Profissionais do Instituto Geral de Perícias (IGP), de Passo Fundo, deslocaram-se para o município de Paraí para o levantamento pericial.
“Não temos informações de criminosos que fugiram. Todos estão na cena do crime, no centro de Paraí. Policiais do Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar – BOPE está no local porque existe todo o material dos criminosos. A suspeita é que os explosivos ainda estejam nas mochilas. Irão fazer a verificação e deixar a área sem risco para o trabalho da perícia”, disse o sub Comandante Geral da Brigada Militar, Vanius Cesar Santarosa.
A ação na Serra Gaúcha faz parte da Operação Anjico, de prevenção a roubo e furto de bancos no interior do Rio Grande do Sul.

Fonte: Rádio Aurora 107.1 FM

Portal de Notícias Correio do Mate
Sandra Meotti

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.