Notícias

Sicredi Aliança RS/SC/ES recebe inscrições para o Fundo Social 2021

0
Tempo de leitura: 1 minuto

Estão abertas as inscrições para o Fundo Social 2021 da Sicredi Aliança RS/SC/ES. Podem participar entidades que realizam ações sociais de interesse coletivo, tais como educação, cultura, esportes, saúde e segurança. Para confirmar participação, as entidades deverão preencher o formulário de inscrição – disponível nas agências Sicredi – e cadastrar o projeto até o dia 10 de maio. Estão aptas a inscreverem seus projetos as entidades que preencherem os requisitos previstos no regulamento, que são: possuir CNPJ ativo, não ter fins lucrativos, ser associada à cooperativa ou associar-se até o momento da inscrição, estar adimplente e atuar em benefício da comunidade.

Os projetos habilitados seguirão para a etapa de análise dos Coordenadores de Núcleo. Em seguida, serão encaminhados para aprovação do Conselho de Administração. O percentual investido pela cooperativa nas iniciativas é de 2% (dois por cento) sobre o resultado final do exercício 2020, conforme previsto no Estatuto Social. Neste ano, o valor repassado aos aprovados totaliza R$ 615.471,74. Caso seja contemplado, o projeto poderá receber recursos que variam entre R$ 1 mil e R$ 12 mil, e cada entidade poderá apresentar até três projetos diferentes.

Mantido pela Sicredi Aliança desde 2017, o programa segue o princípio cooperativista que prega o interesse pela comunidade, promovendo o desenvolvimento sustentável das regiões onde a Sicredi está inserida. “Entendemos que o bem-estar das pessoas e da localidade contribui com um ciclo virtuoso em que todos crescem. Quando unimos nossos esforços, o resultado é ainda mais gratificante. Por isso nos orgulhamos em dizer que prezamos pela responsabilidade socioambiental, contribuindo para um futuro melhor e próspero”, evidencia o presidente da Sicredi Aliança, Ivo Miri Brugnera, que convida as entidades locais a inscreverem seus projetos.

No ano passado, devido à pandemia, o Fundo Social priorizou a área de saúde, direcionando todo o recurso – que chegou a R$ 275.400,00 (1% do resultado de 2019) – para a compra de materiais necessários à prevenção e combate ao Covid-19, como máscara, respirador descartável, álcool, materiais de limpeza e sanitização, luvas, oxímetros, testes rápidos, materiais hospitalares e tenda. No total, 23 entidades foram beneficiadas (12 no Rio Grande do Sul e 11 em Santa Catarina). Dois municípios gaúchos – Santo Antônio do Palma e Marau – não utilizaram todo o recurso na saúde e, por isso, a cooperativa abriu inscrição de projetos para as demais áreas contempladas no regulamento. Em Santo Antônio do Palma foram investidos R$ 7,3 mil em dois projetos das áreas da educação e segurança. Já em Marau o valor de R$ 24 mil foi destinado a três projetos, dois de segurança e um de educação.

SAIBA MAIS:

Entenda quais aspectos integram as áreas de interesse do Fundo Social 2021 da Sicredi Aliança RS/SC/ES:
– Educacionais: investimentos em educação, formação, materiais didáticos, móveis, equipamentos, utensílios e melhoria de estruturas;
– Culturais: atividades coletivas que desenvolvam teatro, música, dança, pesquisa e seus respectivos materiais;
– Esportivos: inclusão de jovens e adultos através da prática de esportes, aquisição de materiais, equipamentos e contratação de instrutores;
– Ambientais: reciclagem, preservação, conservação e geração dos recursos;
– Segurança: ações voltadas para a segurança pública;
– Saúde: melhorias de infraestruturas e equipamentos, voltados ao bem coletivo, desenvolvidos por entidades de saúde e clubes de serviço.

Andressa de Oliveira

SOLEDADE | Polícia Civil apreende pé de maconha no Bairro Missões

Artigo anterior

Assembleia Legislativa decidirá destino da Corsan nesta semana

Próximo artigo

Você também pode gostar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.